quarta-feira, 28 de abril de 2010

A campanha das presidenciais devia começar hoje - 2


Manuel Alegre já falou; pouco mas falou.
Nos outros campos mantem-se o silencio.

Para ouvir as declarações de Manuel Alegre aceda a :
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1555611&tag=Pol%EDtica

A campanha das presidenciais devia começar hoje

Perante a situação aguda que, neste momento, se vive no País, na Europa e no Mundo, era importante, para um cabal esclarecimento dos futuros eleitores, que os presumíveis candidatos à Presidência da República, Cavaco, Alegre e Nobre, fizessem saber da sua posição face aos acontecimentos e o que fariam se estivessem no Palácio de Belém, no seguimento das Eleições de 2011.
É o momento para se fazerem ouvir e passarem uma mensagem clara; agora, no meio do turbilhão, com todas as incertezas inscritas na agenda do futuro.
Talvez uma declaração hoje valesse mais que uma inteira campanha eleitoral, já que, toda e qualquer decisão governamental e/ou parlamentar terá relação imediata com toda a política interna e externa; e no caso interno, com as políticas que condicionarão ou não a vida dos cidadãos deste país.
Aguardemos se há coragem...

A Arte do Possível

Ora bem! Já tivemos os desabafos ...
Já dissemos mal das agências de ratting...
Já culpamos a alta finança e a especulação internacional pelo sucedido...
Já sabemos a origem dos factos...
Agora urge resolver os problemas que nos estão a ser criados.
E não é com queixas nem desbafos que lá vamos...é com medidas práticas e tentando forçar o mercado,o que se sabe ser difícil.
E também sabemos que é com o mercado que temos de viver e sobreviver.
Demonizar o mercado nesta altura também de nada serve a não ser que aceitemos ser uma ilha isolada onde se morrerá de fome a curto prazo.
É que por mais paradoxal que possa parecer tudo se poderá amenizar, ainda hoje, desde que a Alemanha dê luz verde à resolução do problema da Grécia. Pois é, é esquisito.Está tudo relacionado. Tal como a depreciação do valor do Euro e os problemas matinais na bolsa de Tóquio.
Nada disto é fácil nem de fácil resolução.
Mais do que nunca a Política é a Arte do Possível e do Compromisso

domingo, 25 de abril de 2010

Áqueles que não sabem o que é memoria...

E deixem-se de lérias !
O difícil foi isto ! Fazer cair o regime.
O resto são partes de um percurso democrático de ajustamentos sucessivos à realidade do dia a dia.
Quem não compreender isto não compreende o 25 de Abril de 1974.
Quem fez a Revolução foram homens e mulheres da direita e da esquerda democráticas, por isso a sua victória. Foi o aglutinar de esforços de TODOS os democratas que levou ao seu sucesso.
E isto é Democracia. O respeito por todos, mesmo por aqueles a que nos opomos. Os que assim não pensarem não são dignos da mais bela revolução que foi a nossa e que tanta influência teve na exclusão de muitos dos regimes totalitários no resto do mundo.
Mas, muitos portugueses até disto se esquecem. Mais uma vez fomos pioneiros e não o reconhecem, contra si próprios na verdade, mas o queixume, a pior virtude do Fado, continua a ser um desígnio nacional.
E, ao fim e ao cabo, são os velhos que têm de chamar a atenção . Porque viveram aquilo que combateram e sabem o preço da Liberdade.

25 de Abril de 1974

Foi por isto que muitas gerações lutaram e tantos morreram .
Liberdade!!!
Palavra-mãe, tão amada, e que ainda hoje temos de defender.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Homossexualidade é "pecado grave" como o "homicídio"

"As paróquias da Baixa-Chiado estão a distribuir um panfleto de preparação à confissão, "sacramento de penitência e da reconciliação", lê-se na capa. E um dos "pecados graves" que os crentes se devem penitenciar diz respeito à vida sexual. "Guardei a castidade? Consenti em maus pensamentos? Participei em conversas indecentes. Pratiquei alguma acção grave contra a castidade (masturbação, relações sexuais fora do casamento, leitura, audição ou visionamento do material pornográfico, práticas homossexuais)?"
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1548490

Além de asqueroso, os sotainas, esses homens que têm a maior braguilha na sociedade, não querem deixar de ter o gozo de se divertiram à conta de uns incautos crentes que lhes contam a vida desde pequeninos ajoelhados no confessionário...
  Haja decoro e respeito!!!

Santos de casa...

António Guterres. vai ser reconduzido no cargo de Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados.
Tal só é possível devido ao seu trabalho dedicado a uma causa sem paralelo nos Direitos Hhumanos.
Claro que cá no burgo isso não interessa. Em muitos casos até, apenas se lhe referem por ter feito parte de reuniões do Grupo de Bilderberg, como se tal fosse anátema para um político global. Pobres e trites espíritos sem noção das realidades...

Guterres não necessita de voltar à província para ser gente. É-o em termos mundiais e dos bons.
E não me espantava nada que não ficasse por aqui em termos internacionais.

Que saudades de ter um Presidente da República

Deliciei-me, hoje de manhã, a ouvir a entrevista do Dr. Jorge Sampaio à Antena 1 da RDP.

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=46&visual=9&tm=9&t=Jorge-Sampaio--afirma-que-nao-esta-satisfeito-com-a-qualidade-da-democracia.rtp&article=337819

Acresce a isso a leitura da coluna de opinião do Baptista Bastos no DN de hoje, sob o título " O enxovalho de Praga".

http://dn.sapo.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=1549291&seccao=Baptista Bastos&tag=Opini%E3o - Em Foco

Que  saudades de ter em Belém um Presidente da República...

sábado, 17 de abril de 2010

Isto está fraco

Ora bolas!
Isto está fraco...
Nos jornais já só existe uma suspeita sobre o Primeiro Ministro. Isto assim não tem piada !
Então senhores não se arranja mais nada ?
Assim não vendem papel escrevinhado...
Vejam lá se não existirá por aí qualquer coisa que lhe possa ser atirado à cara como, por exemplo, ter copiado os problemas de aritmética na 3ª. classe ou ter atirado propositadamente o lápis para o chão só para olhar os joelhos da professora.
A vida quotidiana do "portuga" deixa de ter o suplemento de adrenalina que era o comprar o jornal de manhã ou fazer bicha junto aos quiosques para ler as maiores dos jornais expostos.
Assim o homem fica com o tempo todo disponível para governar o que é mau; o não ter outras preocupações com a sua vida privada libertam-no totalmente para as suas funções o que retira espaço de manobra aos que se lhe opõem.
Vejam lá! Ainda me obrigam a deixar de gastar um euro por dia...

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Clube dos "Desassossegados" - contribuição XI




" O peso de sentir! O peso de ter que sentir !"

Bernardo Soares / Fernando Pessoa
Livro do Desassossego - Confissões
Textos datados - 1930 (data presumível)

Cardeal Saraiva Martins devia ler Hans Küng


Depois de ouvir as últimas declarações do Cardeal Saraiva Martins à RDP, o texto que abaixo se refere, da autoria do teólogo Hans Küng,  professor e antigo colega  de Ratzinger na Universidade de Tubinga, é de uma actualidade absoluta.


Carta abierta a los obispos católicos de todo el mundo

"...Pero en lo tocante a los grandes desafíos de nuestro tiempo, su pontificado se presenta cada vez más como el de las oportunidades desperdiciadas, no como el de las ocasiones aprovechadas:"

"...Este último punto, estimados obispos, es especialmente grave. Una y otra vez, este Papa relativiza los textos conciliares y los interpreta de forma retrógrada contra el espíritu de los padres del concilio. Incluso se sitúa expresamente contra el concilio ecuménico, que según el derecho canónico representa la autoridad suprema de la Iglesia católica:"

"...Y ahora, a las muchas tendencias de crisis todavía se añaden escándalos que claman al cielo: sobre todo el abuso de miles de niños y jóvenes por clérigos -en Estados Unidos, Irlanda, Alemania y otros países- ligado todo ello a una crisis de liderazgo y confianza sin precedentes. No puede silenciarse que el sistema de ocultamiento puesto en vigor en todo el mundo ante los delitos sexuales de los clérigos fue dirigido por la Congregación para la Fe romana del cardenal Ratzinger (1981-2005), en la que ya bajo Juan Pablo II se recopilaron los casos bajo el más estricto secreto. Todavía el 18 de mayo de 2001, Ratzinger enviaba un escrito solemne sobre los delitos más graves (Epistula de delitos gravioribus) a todos los obispos. En ella, los casos de abusos se situaban bajo el secretum pontificium, cuya vulneración puede atraer severas penas canónicas. Con razón, pues, son muchos los que exigen al entonces prefecto y ahora Papa un mea culpa personal. Sin embargo, en Semana Santa ha perdido la ocasión de hacerlo. En vez de ello, el Domingo de Ramos movió al decano del colegio cardenalicio a levantar urbi et orbe testimonio de su inocencia."

E ainda dizem que a culpa é dos media e das organizações que perseguem a igreja...
É este o ambiente dentro da ICAR.

Para ler na totalidade, aceda a :
http://www.elpais.com/articulo/sociedad/Carta/abierta/obispos/catolicos/todo/mundo/elpepisoc/20100415elpepisoc_3/Tes

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Mais uma...

De cabeça perdida, a hierarquia católica, cada dia que passa, vai-nos brindando cada vez mais com pérolas como a que se segue.

Desta vez é do Bispo de Tenerife, Bernardo Alvarez, e é publicado no elmundo.es

"El obispo de Tenerife: 'Hay menores que desean el abuso e incluso te provocan'

El obispo además compara la homosexualidad con los abusos y, aunque asegura que la diferencia entre la homosexualidad y los abusos está clara, plantea una pregunta: "¿por qué el abusador de menores es enfermo?".

Para aceder à notícia completa aceda a:
http://www.elmundo.es/elmundo/2007/12/27/espana/1198760752.html

O Papa Leão X já previa...

Para quem ainda não pense que estes assuntos já vêm de longe...

Um dos pontos culminantes da corrupção humana

A Taxa Camarae é um tarifário promulgado, em 1517, pelo papa Leão X (1513-1521) destinado a vender indulgências, ou seja, o perdão dos pecados, a todos quantos pudessem pagar umas boas libras ao pontífice. Como veremos na transcrição que se segue, não havia delito, por mais horrível que fosse, que não pudesse ser perdoado a troco de dinheiro. Leão X declarou aberto o céu para todos aqueles, fossem clérigos ou leigos, que tivessem violado crianças e adultos, assassinado uma ou várias pessoas, abortadodesde que se manifestassem generosos com os cofres papais.

Vejamos o seus trinta e cinco artigos:

1. O eclesiástico que cometa o pecado da carne, seja com freiras, seja com primas, sobrinhas ou afilhadas suas, seja, por fim, com outra mulher qualquer, será absolvido, mediante o pagamento de 67 libras, 12 soldos.

2. Se o eclesiástico, além do pecado de fornicação, quiser ser absolvido do pecado contra a natureza ou de bestialidade, deve pagar 219 libras, 15 soldos. Mas se tiver apenas cometido pecado contra a natureza com meninos ou com animais e não com mulheres, somente pagará 131 libras, 15 soldos.

3. O sacerdote que desflorar uma virgem, pagará 2 libras, 8 soldos.

4. A religiosa que quiser alcançar a dignidade de abadessa depois de se ter entregue a um ou mais homens simultânea ou sucessivamente, quer dentro, quer fora do seu convento, pagará 131 libras, 15 soldos.

5. Os sacerdotes que quiserem viver maritalmente com parentes, pagarão 76 libras e 1 soldo.

6. Para todos os pecados de luxúria cometido por um leigo, a absolvição custará 27 libras e 1 soldo; no caso de incesto, acrescentar-se-ão em consciência 4 libras.

7. A mulher adúltera que queira ser absolvida para estar livre de todo e qualquer processo e obter uma ampla dispensa para prosseguir as suas relações ilícitas, pagará ao Papa 87 libras e 3 soldos. Em idêntica situação, o marido pagará a mesma soma; se tiverem cometido incesto com os seus filhos acrescentarão em consciência 6 libras.

8. A absolvição e a certeza de não serem perseguidos por crimes de rapina, roubo ou incêndio, custará aos culpados 131 libras e 7 soldos.


9. A absolvição de um simples assassínio cometido na pessoa de um leigo é fixada em 15 libras, 4 soldos e 3 dinheiros.

10. Se o assassino tiver morto a dois ou mais homens no mesmo dia, pagará como se tivesse apenas assassinado um.

11. O marido que tiver dado maus tratos à sua mulher, pagará aos cofres da chancelaria 3 libras e 4 soldos; se a tiver morto, pagará 17 libras, 15 soldos; se o tiver feito com a intenção de casar com outra, pagará um suplemento de 32 libras e 9 soldos. Se o marido tiver tido ajuda para cometer o crime, cada um dos seus ajudantes será absolvido mediante o pagamento de 2 libras.

12. Quem afogar o seu próprio filho pagará 17 libras e 15 soldos [ou seja, mais duas libras do que por matar um desconhecido (observação do autor do livro)]; caso matem o próprio filho, por mútuo consentimento, o pai e a mãe pagarão 27 libras e 1 soldo pela absolvição.

13. A mulher que destruir o filho que traz nas entranhas, assim como o pai que tiver contribuído para a perpetração do crime, pagarão cada um 17 libras e 15 soldos. Quem facilitar o aborto de uma criatura que não seja seu filho pagará menos 1 libra.

14. Pelo assassinato de um irmão, de uma irmã, de uma mãe ou de um pai, pagar-se-á 17 libras e 5 soldos.

15. Quem matar um bispo ou um prelado de hierarquia superior terá de pagar 131 libras, 14 soldos e 16 dinheiros.

16. O assassino que tiver morto mais de um sacerdote, sem ser de uma só vez, pagará 137 libras e 6 soldos pelo primeiro, e metade pelos restantes.

17. O bispo ou abade que cometa homicídio põe emboscada, por acidente ou por necessidade, terá de pagar, para obter a absolvição, 179 libras e 14 soldos.


18. Quem quiser comprar antecipadamente a absolvição, por todo e qualquer homicídio acidental que venha a cometer no futuro, terá de pagar 168 libras, 15 soldos.

19. O herege que se converta pagará pela sua absolvição 269 libras. O filho de um herege queimado, enforcado ou de qualquer outro modo justiçado, só poderá reabilitar-se mediante o pagamento de 218 libras, 16 soldos, 9 dinheiros.

20. O eclesiástico que, não podendo saldar as suas dívidas, não quiser ver-se processado pelos seus credores, entregará ao pontífice 17 libras, 8 soldos e 6 dinheiros, e a dívida ser-lhe-á perdoada.


21. A licença para instalar pontos de venda de vários géneros, sob o pórtico das igrejas, será concedida mediante o pagamento de 45 libras, 19 soldos e 3 dinheiros.

22. O delito de contrabando e as fraudes relativas aos direitos do príncipe contarão 87 libras e 3 dinheiros.


23. A cidade que quiser obter para os seus habitantes ou para os seus sacerdotes, frades ou monjas autorização de comer carne e lacticínios nas épocas em que está vedado fazê-lo, pagará 781 libras e 10 soldos.

24. O convento que quiser mudar de regra e viver com menos abstinência do que a que estava prescrita, pagará 146 libras e 5 soldos.

25. O frade que para sua maior conveniência, ou gosto, quiser passar a vida numa ermida com uma mulher, entregará ao tesouro pontifício 45 libras e 19 soldos.

26. O apóstata vagabundo que quiser viver sem travas pagará o mesmo montante pela absolvição.

27. O mesmo montante terá de pagar o religioso, regular ou secular, que pretenda viajar vestido de leigo.


28. O filho bastardo de um prior que queira herdar a cura de seu pai, terá de pagar 27 libras e 1 soldo.


29. O bastardo que pretenda receber ordens sacras e usufruir de benefícios pagará 15 libras, 18 soldos e 6 dinheiros.


30. O filho de pais incógnitos que pretenda entrar nas ordens pagará ao tesouro pontifício 27 libras e 1 soldo.

31. Os leigos com defeitos físicos ou disformes, que pretendam receber ordens sacras e usufruir de benefícios pagarão à chancelaria apostólica 58 libras e 2 soldos.


32. Igual soma pagará o cego da vista direita, mas o cego da vista esquerda pagará ao Papa 10 libras e 7 soldos. Os vesgos pagarão 45 libras e 3 soldos.

33. Os eunucos que quiserem entrar nas ordens, pagarão a quantia de 310 libras e 15 soldos.

34. Quem por simonia quiser adquirir um ou mais benefícios deve dirigir-se aos tesoureiros do Papa que lhos venderão por um preço moderado.


35. Quem por ter quebrado um juramento quiser evitar qualquer perseguição e ver-se livre de qualquer marca de infâmia, pagará ao Papa 131 librase15 soldos. Pagará ainda por cada um dos seus fiadores a quantia de 3 libras.


Palavras para quê ...?


Nota:No entanto, para a historiografia católica, o Papa Leão X, autor de um exemplo de corrupção tão grande como o que acabamos de ler, passa por ser o protagonista da «história do pontificado mais brilhante e talvez o mais perigoso da história da Igreja».
(Fonte: Rodríguez, Pepe (1997). Mentiras fundamentais da Igreja católica.
Terramar – Editores, Distribuidores e Livreiros -
(1.ª edição portuguesa, Terramar, Outubro de 2001 – Anexo, pp. 345-348)

Agradecimentos a quem me proporcionou o conhecimento deste documento.

terça-feira, 13 de abril de 2010

A este, nem o Diabo


Depois das suas declarações no Chile, o Cardeal Tarcísio Bertone terá como certo que a si nem o Diabo lhe dará asilo. Satanás pegará numa pá com achas bem acesas e manda-lo-à fazer o inferno para outro lado.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Perdi a pachorra

Vou comprar fósforos e devo levar 15 dias a encontrá-los...

Presidenciais

Afinal, candidato candidato só temos um no qual,  seja  qual for o seu desempenho na campanha, nunca votarei - Fernando Nobre.
Quanto aos putativos candidatos, Cavaco e Alegre, temos o problema do ovo e da galinha...
Não se pode apoiar o que não existe - candidaturas assumidas - mas também não existem - são só intenções -, talvez, porque não foram ainda devidamente apoiadas.
Difícil solução ? Será?
Ou será que também interessa aos possíveis candidatos manter este assunto em banho-maria, já que ao criar espectativa, estão a observar a reacção do eleitorado, sem, contudo, se exporem demasiado?
A ver vamos...

terça-feira, 6 de abril de 2010

E eu que estava triste por não ter um bispo em quem bater hoje...


Mas o bispo Dantas de Beja fez-me o favor:

"Bispo de Beja queixa-se de «calúnia» à Igreja por causa de pedofilia
Vitalino Dantas diz que há «lobbies anti-igreja» que a querem descredibilizar e aponta dedo aos homossexuais"

Para aceder à notícia completa e rir aceda a:
http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/pedofilia-igreja-bispo-beja-vitalino-dantas-tvi24/1151401-4071.html

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Para umas coisas é Maria, para outras é Manel

Pois é, descobrir-se assim a careca !!!...
Conforme a notícia que a seguir "linkamos" o papa nunca poderá responder perante a justiça civil por imunidade dado ser um chefe de estado.
Mas para outras coisas é o infalível "chefe" espiritual dos católicos com as obrigações de verdade e justiça que daí deviam (?) advir.
Não se importa de mandar os acólitos para a barra dos tribunais civis, os que tiveram a pouca sorte de não conseguir fazer calar ou esconder os seus crimes, agora o próprio, isso nunca!
Isso de "dar a outra face" era só para o fundador...

Para ler a notícia completa aceda a:
http://www.irishtimes.com/newspaper/world/2010/0402/1224267555204.html

(Agradecimento à Palmira F.Silva (Jugular) pela chamada de atenção e indicação do link)

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Ainda mais interessante...


"Pedofilia: universitários ligados à Opus Dei criticam media

Descrevem jornalistas que denunciaram abusos por parte de membros da Igreja como «semeadores da desconfiança»"

Qua andarão eles a aprender na Opus?

Para ler toda a notícia aceda a:
http://diario.iol.pt/internacional/papa-pedofilia-opus-dei-universitarios/1151595-4073.html

Interessante

Segundo uma notícia do DN, o herdeiro ao trono austríaco ( Ulrich Habsburgo-Lorena) lamenta-se de não se poder candidatar presidência daquele país devido a uma lei que o impede por ser descendente de quem é, embora seja assumidamente republicano.
Cá é ao contrário.
Temos um candidato plebeu à Pesidência da República assumidamente monárquico.
Interessante....

Querem acreditar




que, como é hábito, comprei logo de manhã o jornal.
Mais valia não  o ter comprado...
Depois de o folhear na totalidade resumi :
NADA!!
Que tristeza....

Encontrar o que desconheço




Do "Resumo - a poesia em 2009" que em boa hora, e pelo preço, convenhamos, foi editado pela Assírio & Alvim com a colaboração da FNAC, retirei o poema abaixo de alguém que desconhecia - Luís Filipe Parrado - que expõe de forma magnífica um dos meus grandes princípios.

*

Tudo o que o meu pai me disse quando, aos 15 anos, declarei em família que queria começar a escrever poesia                      

"Antes
                de te sentares
     à mesa
        lava bem
          as mãos ."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...