quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

10º. Debate das Presidenciais de 2011

Manuel Alegre - Cavaco Silva

O que se esperava. .

Duas constatações:
-Cavaco Silva sempre igual a si próprio, isto é, MAL como actual e, possivelmente, futuro PR;
-Manuel Alegre, sério e  contido, fez a diferença mas podia e devia ter ido mais longe perante a agressividade e o paternalismo inaceitável de um Cavaco muito nervoso.

9º. Debate das Presidenciais de 2011

FranciscoLopes - Defensor de Moura

Nada de especial aconteceu. Sem qualquer interesse político.

Duas constatações:
-Francisco Lopes voltou a ligar a "cassete" e só;
-Defensor de Moura, embora mais simpático, nada acrescentou ao processo.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal do Presidente da Républica (versão Última Ceia/Rui Unas)

Para pensar

Há que acreditar.
Sem mais palavras. Apenas vejam.

http://www.youtube.com/watch_popup?v=1sgd6NuBq8w&vq=medium

1947

1947 é o meu ano Natal.
Eu sei que para a grande maioria das pessoas é um ano que não diz nada  e podem afirmar, mesmo, que é um ano baço, sem brilho, sem nada de histórico a apontar. Mas será ?
Fui à procura e encontrei uma publicação que resumia os acontecimentos de diversos anos, inclusivé o de 1947, e oh, espanto dos espantos, quem disse que nada se passou de importante ?
Pois, tomem lá :
-Primeiro facto importante, eu nasci e era 3ª. feira;
-Em termos de tragédias no Mundo, além do item anterior, houve inundações catastróficas em Sevilha; o Texas, o Oklahoma e o Kansas levaram com o 6º. mais mortal tornado da história dos USA, até aquela data, matando 181 pessoas e ferindo 970; um furacão, grau 5,  atinge a Florida, a Louisiana e o Mississipi matando 51 habitantes e provocando 110 mil milhões de estragos.
- Eram na altura líderes internacionais em França - Robert Schuman, no Reino Unido - Attlee, nos States - Roosevelt e depois Truman, no Vaticano pontificava e indescritível Pio XII, em Espanha o sabido Francisco  Franco e neste Portugalzinho o nosso infelizmente conhecido "Botas".
-No nosso país existiam 8.254.590 almas; nasceram 104.070 rapazes e 96.418 raparigas e morreram 56.069 cidadãos do sexo masculino e 54.368 do feminino; houve 67.486 casamentos e 1.109 divórcios.
-Nasceram personagens como: Paul Auster, David Blunkett, Paulo Coelho, Hillary Clinton, Paco de Lucia e David Bowie, e desapareceram, Afrâneo Peixoto, Al Capone, Henry Ford, o Abade de Baçal, Aleister Crowley e Adães Bermudes e Marques da Silva.
-Houve greves, no nosso país, dos operários da construção Naval, dos operários da construção civil da região de Lisboa; foram presos oficiais de alta patente, mormente o General Marques Godinho, por conspiração contra o Estado Novo e foi entregue ao General Carmona, diz-se que com o desígnio de o acalmar por defender que o Estado Novo já não se justificava, o bastão do Marchalato.
-Funcionários Públicos foram demitidos por participarem em actividades ilegais ou delitos de opinião.
-Movimentos grevistas nos operários agrícolas alentejanos e manifestações estudantis de universitários de Lisboa em defesa a comemoração do Dia do estudante.
-Morreu o General Marques Godinho de ataque cardíaco e devido aos bons tratos que levou na prisão...
-A Voz da América faz a primeira emissão radiofónica com propaganda dos USA para a União Soviética.
-Em  5 de Janeiro dá-se a nacioinalização das minas de carvão britânicas; é declarado um governo livre, de inspiração comunista no Norte da Grécia, e o Rei Miguel da Roménia é posto a andar do seu país pelo conjunto Comunistas Romenos+União Soviética.
-Foram publicados os Tratados de Paz de Paris; o Presidente Truman inicia a "doutrina do containment" e é formada a União Aduaneira do Benelux.
-É declarada a independência da União Indiana e do Paquistão e eclode o movimento separatista malgache relativamente à potência colonizadora - a França.
-George Marshall faz a defesa do seu Plano para estabilização económica, social e política da Europa; é criado o Kominform.
-É criado o celebérrimo " Tio Patinhas"; casa-se a Rainha Isabel II,  é leiloada a Colecção de Felix Fénélon e  é aprovada por referendo a Lei da Sucessão espanhola que estabelece a Espanha como um Reino.
-Termina na Polinésia a viagem da Kon-Tiki, na Argentina é dado o Direito Feminino ao Voto assim como na Cambridge University é admitida pela primeira vez uma estudante feminina. Entretanto, no Médio Oriente são descobertos os Manuscritos do Mar Morto.
-No Teatro, estreia-se "Um eléctrico chamado desejo" de T. Williams; a ópera de Apollinaire "Les mamelles de Tiresias". A peça de Caldwell, "A rota do tabaco" é proibida pela censura inglesa e as "Criadas" de Jean Genet são assobiadas devido ao seu conteúdo imoral; em Lisboa, António Pedro, com estudantes da António Arroio,  cria o Grupo Surrealista.
-No cinema, Marlon Brando atinge o estrelato, forma-se o Cineclube do Porto e inicia-se nos EUA a "Caça às Bruxas" no cinema americano por supostas simpatias comunistas.
-É criado o Festival de Música e Teatro de Edimburgoe os músicos no Top são Sinatra, Crosby, Peggy Lee e Jo Stafford.
-Na pintura, Júlio Pomar pinta o magnífico "Almoço do trolha", Cesariny expunha e Dacosta partia para Paris; a II Exposição Geral de Artes Plásticas foi intervencionada políticamente pelas autoridades obrigando à retirada de algumas obras. Entretanto em Paris era inaugurado Museu de Arte Moderna com grande intervenção de Pablo Picasso.
-Entretanto, é ensaiado o primeiro transistor pela "Bell", Robert Capa funda a "Magnum Photos", é ultrapassada a barreira do som e Howard Huges consegue levantar o maior (na altura) avião do Mundo.
- André Gide ganha o Prémio Nobel da Literatura, Appleton o da Física, Robinson o da Química e os Cori mais Houssay o da Medicina.
-São novidades literárias em Portugal obras de Sophia Mello Breyner, Matilde Rosa Araújo, Natália Correia, António Botto, Romeu Correia, Ferreira de Castro, Henrique Galvão e Lopes de Oliveira.
Lá fora aprarecem obras de Albert Camus, Thomas Mann, Tennessee Williams e George Oroell assim como surge o primeiro número do Spiegel.
-Noutros domínios, foram vendidos os primeiros microondas, é apresentado em Estocolmo um aparelho transmissor de imagens através de linha telefónica, aparecem os primeiros liquidificadores eléctricos e é atingida a velociade de 648 Km/hora, no Lago Salgado, por uma viatura automóvel. É descoberto o antibiótico "cloranfenicol", é apresentada a primeira câmara "Polaroid e  efectuada a primeira volta ao Mundo em 78 h e 55 mn.
-Na moda pontificam Dior e Piquet.
-Celebra-se o 8º. Centenário da Tomada de Lisboa aos Mouros e o Avante conta já com cem números.
-No desporto, Portugal ganha 4-1 à Espanha e 2-0 à Irlanda e feito dos feitos o meu Sporting é Campião Nacional assim como venceu a Taça de Portugal.
Ora digam lá se isto não é um Ano para ficar na História ?
Aliás, este como qualquer outro, todos ficam na recordação dos homens; o necessário é conhecê-los.
Este, para mim, é importante porque foi o ano em que nasci e do qual ainda sofro as virtudes e os defeitos.
Um homem também é feito pela História...
(Fonte:1947-Ed.7 dias 6 noites)

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

8º. Debate das Presidenciais de 2011

Defensor de Moura - Fernando Nobre

Um debate sem consequências.

Duas constatações:
- Terminou o suplício de ter de ouvir e confirmar a incompetência política de Fernando Nobre para o cargo a que se candidatou;
- Defensor de Moura foi,  até este momento, a  única surpresa, pela  positiva,  digna de registo neste conjunto de debates.

Nota: A moderadora, uma vez mais, demonstrou total incapacidade de trazer o debate para o campo das ideias parecendo mais interessada na "trica" política.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Sábio princípio


Duvida sempre de quem se declara mais honesto que os outros.

("Para serem mais honestos do que eu têm que nascer duas vezes"
 - Aníbal Cavaco Silva)

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

6º. Debate das Presidenciais de 2011

Manuel Alegre - Fernando Nobre

Não gostei !

Duas constatações mais:
- Manuel Alegre não soube encontrar o antídoto para a agressividade e sobranceria populista de Fernando Nobre deixando-se enliar  num confronto de imagens pessoais e não de projectos nem de ideias para um futuro PR;
- Fernando Nobre, uma vez mais, parece um caceteiro miguelista disposto a subverter um regime e uma Constituição que, no caso de ser eleito, irá jurar defender e fazer cumprir. Fala do cargo de PR como se  o regime republicano português fosse presidencialista, o que não é, e pode levar eleitores menos avisados ao engano.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

5º. Debate das Presidenciais 2011

Francisco Lopes - Cavaco Silva

Duas constatações :

-Estava à espera de ouvir uma cassete e ouvi duas;
-Assisti ao acabrunhante espectáculo do candidato Cavaco Silva andar a fugir o debate inteiro e nunca ter respondido a qualquer questão que lhe tenha sido levantada quer pelo adversário quer pela moderadora.

A ter de haver um vencedor seria Francisco Lopes por falta de comparência do outro candidato.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Uma outra opinião

Câmara Corporativa:
Não correu bem a visita à Rua António Maria Cardos...:
"• Óscar Mascarenhas, O tremeliques palavroso: ‘(…) não liguei muito à notícia da declaração assinada de Cavaco Silva à PIDE. Só despertei da..."

Está disposto a isso Dr. Cavaco ?

A verdadeira caridade, o Amor pelo Próximo, pressupõe olhar o outro e chamar-lhe Irmão e com isso suportar as consequências inerentes, quer sociais quer políticas.
Está disposto a isso ou continua a considerar que olhar pela pobreza, caritativamente, daquela forma em que uma mão não sabe o que a outra faz,  é fazer uma visita anual aos desfavorecidos. publicitar a visita, e retornar a Belém de motorista ?
Não queria ser seu confessor, Dr. Cavaco !

domingo, 19 de dezembro de 2010

Contrato Presidencial de Manuel Alegre


Para quem não teve oportunidade de assistir "in loco" à divulgação do Manifesto (Contrato) Eleitoral de Manuel Alegre aqui fica o link:
De importante leitura porque, acima de tudo, se esclarecem posições e, na primeira pessoa, o candidato expõe o seu vasto programa de intervenção política e cívica.

sábado, 18 de dezembro de 2010

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Um perverso

Não satisfeito com  a permanente campanha de bota abaixo do Governo Português por si patrocinada, Mário Crespo, agora flagrantemente na primeira pessoa, transformou-se no melhor arauto entre-muros de todos aqueles que nos querem ver de rastos.
Chocante, sem dúvida!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

2º. Debate das Presidenciais de 2011


Manuel Alegre - Defensor de Moura

Qual debate ?
Uma conversa cortês entre dois amigos do mesmo Partido com algumas nuances e pequenas divergências mas sobretudo com o mesmo bombo de festa - CAVACO SILVA.
Não ficará para a História.

O que vale é que o Ensino Privado não depende do Estado...

O  privado pressupõe negócio, investimento e lucros a distribuir pelos investidores.
No Ensino Público uma turma custa em média 80.000 Euros e no privado, ao Estado Português, 120.000 .
40.000 Euros/turma ( 8.000 CONTOS ANTIGOS) é o diferencial que nós, os contribuintes, estamos a pagar para a manutenção de escolas privadas e para a sua distribuição de lucros.
E ainda se queixam dos estabelecimentos e ensino estatais...
Que pena que eu tenho de quem paga altas mensalidades no particular...

Só uma pergunta...

O porquê da insistência do "El País" nas notícias sobre Portugal ?
Não lhes chegarão as sobre Espanha ?
E porque não respondem às questões levantadas pelos portugueses sobre o teor e origem das mensagens que publicitam ?
Há quem ande à procura das revelaçõe no "El Pais" e não as encontre nas "verdades" do Wikileaks.
E o porquê das interrogações da CS portuguesa ?
Já sabemos que é porque vende ! E eles andam doidos por dinheiro...
E porque é que não se acredita nas explicações das autoridades portuguesas ?
É simples !
Não vende, não tem impacto e o que eles necessigtam é de dinheiro...
E os portugueses ?
Querem lá saber do Wikileaks ...!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Carlos Pinto Coelho

Morreu Carlos Pinto Coelho.
Um jornalista, um homem de Cultura, uma Referência.
O País e sobretudo a Comunicação Social portuguesa ficam muito mais pobres.

A propósito das ovelhas do presépio

Será que o pastor não era cego ?

( O concurso d'"A barbearia do senhor Luís")

Desfazer equívocos

É de todos conhecido, fundamentalmente dos mais velhos, que antes do 25 de Abril de 1974, quem desejasse aceder a um emprego no Estado tinha de apresentar uma declaração, reconhecida notarialmente, em que repudiava o Comunismo e declarava por sua honra não pertencer a organizações susbversivas que puzessem am causa o regime vigente. Existia outra, um tal mod.566 (?), cujo sentido era o mesmo. Toda a gente as asssinava e ninguém mentia pois, na realidade, poucos eram os portugueses com vida política activa que se encontravam nas situações condenadas por tais declarações.
Não quer dizer que estivessem de acordo com o regime, podiam até interiormente o detestar e desejar o seu fim mas, objectivamente e na prática, cumpriam o declarado.
Existiam, inclusivamente, pressões para que, para obtenção de alguns empregos, os candidatos se filiassem na Legião Portuguesa.Conheci alguns.
Era o tempo em que a "minha política é o trabalho" e do" não me meto em nada porque tenho família".Condenável ? Não ! Ainda hoje existe tanta gente que diz não querer saber da política para nada e que o que lhe interessa é o que leva para casa ao fim do mês.
Mas se o descrito era uma atitude normal em tempos de ditadura há que desfazer equívocos quanto a outras situações: Aquelas, daqueles que mais papistas que o Papa, e no desejo de agradar ou de alcançar mais celeramente os benefícios, reforçavam as suas declarações e ao repúdio de ideologias e organizações que lutavam contra o regime juntavam outras informações, essas já de sua lavra, cientes dos benefícios que tal lhes pudesse vir a trazer.
É aqui que se faz a separação das águas.
Uma coisa eram aquelas declarações que até o próprio regime sabia, que todos estavam,  interiormente, a mentir outra eram aquelas que se destinavam inequívocamente a agradar ao regime.
Mas tudo isto não teria qualquer importância, 36 anos depois de Abril, se as pessoas que passaram por esses tempos considerassem com naturalidade o seu percurso de vida e assumissem os seu actos, quaisquer que eles tenham sido.
Mais grave que a declaração reconhecida no notário e que o mod. 566 (?), é assumir-se uma terrível amnésia com que se deseja fazer esquecer actos passados.
Isso é que causa desconfiança!
Isso é que não é de  cidadão íntegro.
É isso que se está a passar hoje em dia neste país e ao olhos de todos e ainda há quem o desculpe, talvez em alguns casos, também, por repentina e desejável quebra de memória.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

1º. Debate das Presidenciais 2011

Num debate muitíssimo pobre, duas constatações:
-Francisco Lopes tem a "cassete" riscada.
-Fernando Nobre vai jurar uma Constituição que pelos vistos quer subverter.

Além de "integrado" é esquecido...


"Cavaco Silva diz que não se lembra de ter preenchido ficha na PIDE"


Aceda a para verificar que preencheu :
http://www.sabado.pt/Multimedia/FOTOS/-spam---b--Politica---b----spam-/FOTOGALERIA-(NAO-MOVER-SO-COPIAR)-(5).aspx

Pois , ele há coisas na vida das quais não nos queremos recordar...
...e que mais tarde bem gostaríamos de esquecer...e que, malvadas, como o azeite, vêm ao de cima, boiando, boiando, para nos atormentar , não é ?
É na confrontação consigo próprios, com os seus erros, que se vêem os homens.
aqueles que asssumem e daí tiram  as consequências... e existem os outros ....que se esquecem...

Aceda para ler toda a notícia a:
http://www.ionline.pt/conteudo/93725-cavaco-silva-diz-que-nao-se-lembra-ter-preenchido-ficha-na-pide

É importante ler

As "Alegações finais" de Alfredo Bruto da Costa, Presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, sobre a fome no nosso país, e publicada hoje no DN.
A seriedade de um homem por muitos considerado como a maior autoridade nacional sobre o assunto.
" O que se diz sobre a fome em Portugal não passa de uma estimativa", disse.
Assim como:
"Discordo com o facto de este programa se chamar "Direito à Alimentação". Esse direito não tem nada a ver com o aproveitamento de sobras, tema aver com o facto de as pesssoas escolherem e comprarem a sua própria comida. Chamar-lhe "Direito à Alimentação" é preverso.
Também considero grave a escolha do local para apresentar a iniciativa (Casino do Estoril). É um local que representa e economia de casino que tem existido".
E , igualmente:
"O nome da iniciativa representa uma linguagem preversa que decorre de uma cultura que não conhece o que significa a palavra pobreza."

domingo, 12 de dezembro de 2010

A hipocrisia do "integrado"

Depois da conversa da fome, Cavaco, não é ( nunca foi), nem será o Presidente de todos os portugueses.
A um político profissional com um percurso de mais de 15 anos no activo, em lugares de decisão, não pode, não deve, é obsceno aceitar-se uma declaração daquelas.
Onde está o seu grau de responsabilidade ?
Como qualquer irresponsável alija a sua rersponsabilidade para os ombros de outrem.
A continuar assim ainda veremos uma "sopa do Sidónio" às portas de Belém...mas com o orçamento da Presidência a pagar, não vá o acto encarecer as contas da campanha de recandidatura..
Chocante!!!

Lembram-se da canção do Barata Moura ?



Vamos brincar à caridadezinha/ festas, canastas e falsa intençãozinha...
http://ckuik.com/Jos%C3%A9_Barata_Moura

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

A face Wikileaks do BE

De acordo com o "Público" (http://www.publico.pt/Política/bloco-de-esquerda-aloja-wikileaks_1469975, o Bloco de Esquerda deu guarida ao Wikileaks como site "espelho" a fim de a nível nacional pudessem continuar a ser recebidas as informações que o senhor Assange na sua saga "libertadora" resolve  prosseguir em dar conhecimento público, embora se tratem de informações consideradas confidenciais ou de segredo de estado. Por uma vez o BE fez luz sobre o que seria a sua conduta na política nacional e internacional caso algum dia, o que é difícil, viesse a fazer parte dos partidos do arco governamental.
Ficamos, pois, a saber que o BE, na sua "luta incessante" de transparência, ao estar no governo, consideraria normal ou mesmo promoveria a divulgação pública dos segredos do estado português ou da correspondência dos nossos serviços de inteligência, informações entre embaixadas, etc. como se isso se tratasse de um expediente normal.  Seria mesmo, talvez, de considerar que o BE achasse por bem acabar com os serviços de infomação do estado já que para nada eles seriam necessários porque tudo seria passível de ser divulgado.
Assim, por um assunto lateral à nossa vida política, o BE deu-nos a verdadeira face do que seria o seu comportamento caso algum dia fosse ou fizesse parte de um governo.
Ficamos elucidados e agradecemos tamanha franquesa.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Liberdade e irresponsabilidade

Fazendo curso pelos dias de hoje, e até parece que é de propósito, o conceito de Liberdade tem vindo a ser acoplado ao de irresponsabilidade e, é verdade, pelas piores razões.
Daí, ao olhar a imagem que publico, e cada um tire a conclusão que entender, me recordei pelo que tem passado o Mundo nestes últimos tempos.
Mascarada de Liberdade a irresponsabilidade  tem vindo a fazer o seu caminho e tem adeptos; esquecendo-se, contudo, que quanto mais irresponsáveis menos  livres são.
Voltando à imagem: os pais da criança tem toda a liberdade de a colocar naquela situação de perigo o que não deixa de ser uma irresponsabilidade pelos danos fatais que lhe pode causar. Irresponsáveis são de certeza,  e livres, ainda estou para ver...
E assim se vai concebendo a Liberdade, esquecendo-se sempre dos custos que para muitos teve a sua obtenção e os sacrifícios, tantas vezes, necessários para a manter.
O combate á irresponsabilidade, nos dias de hoje, passou a ser uma das nossas maiores tarefas.
Será certo, igualmente, que seremos apodados dos mais diversos epítetos por quem não vai gostar da atitude mas, não faz mal, pela Liberdade fazemos tudo e pela irresponsabilidade não fazemos nada.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Será que Cavaco está à espera de sentir "integrado"...

"Candidatos exigem clarificação de Cavaco em relação a debates"
«Todas as televisões e as demais candidaturas, à excepção da de Cavaco Silva, se disponibilizaram para a realização de debates durante o mês de Dezembro tal como aconteceu em 2006».
Aceda a :
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1725871

Nada pior para um viciado que lhe tirar o sustento do vício

Conforme se pode ler no link abaixo, o blogue "O Jumento" resolveu "abater colunas".
É muita a pena que sinto. Era já um vício diário, depois das zero horas, ir  ver a nova publicação e as novas fotografias.
Vai fazer muita falta, não só pela qualidade dos textos e imagens mas também pela crítica aberta que apresentava, assertiva e quase sempre implacável.
Espere-se que "O Jumento" reencontre o caminho de regresso.
De qualquer modo, e suceda o que suceder, uma saudação veemente ao seu autor.
Aceda a:
http://jumento.blogspot.com/2010/12/acho-que-esta-na-hora-de-ir-andar-por.html

"Líderes da UE são incapazes e só pensam em dinheiro"

Mário Soares sempre igual a ele próprio, sem se desviar um milímetro daquilo que sempre foi o seu pensamento.
Que saudades de um Soares Presidente!
O Pai da aventura europeia de Portugal, como sempre, demonstra a sua clarividência política em termos nacionais e fundamentalmente internacionais.
Aceda a:
http://aeiou.expresso.pt/mario-soares-lideres-da-ue-sao-incapazes-e-so-pensam-em-dinheiro=f618805

Ernâni Lopes

Faleceu hoje o antigo Ministro das Finanças (lembram-se do Bloco Central de Mário Soares?) que se pautou por uma exemplar sobriedade e postura pública inatacável e por um trabalho relevantíssimo numa época grave para o país (recordam-se do FMI?).
As diferenças ideológicas não são bastante para que se não lhe preste homenagem mas, e talvez por isso mesmo, uma razão sobejamente importante para o fazer.
E mais significativo que tudo o resto, o facto de  nunca ter necessitado de um qualquer Crespo para se evidenciar junto dos seus concidadãos...

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Já não sobravam razões (II)

E para que se confira que não é mentira,

aceda a :
http://www.sabado.pt/Multimedia/FOTOS/-spam---b--Politica---b----spam-/FOTOGALERIA-(NAO-MOVER-SO-COPIAR)-(5).aspx

Entramos em Dezembro

Republico o poema de António Feijó.
E agora com maioria de razões.

(A um pequenito vendedor de jornais)

Bairro elegante, - e que miséria !
Roto e faminto, à luz sidéria,
O pequenito adormeceu ...

Morto de frio e de cansaço,
As mãos no seio, erguido o braço
Sobre os jornais que não vendeu.

A noite é fria; e a geada cresta,
em cada casa sinais de festa !
E o pobrezinho não tem lar ...

Todas as portas já cerradas !
Ó almas puras, bem formadas,
Vede as estrelas a chorar !

Morto de frio e de cansaço,
As mãos no seio, erguido o braço
sobre os jornais que não vendeu .

Em plena rua, que miséria !
Roto e faminto, à luz sidéria,
O pequenito adormeceu ...

Em torno dele - ó luz sagrada !
Ao ver um círculo sem geada
Na sua morna exaltação,

Pensei se o frio descaroável
Do pequenino miserável
Teria mágoa e compaixão ...

Sonha talvez, pobre inocente !
Ao frio, à neve, ao luar mordente,
Com o presépio de Belém ...

Do céu azul, às horas mortas,
Nossa Senhora abriu-lhe as portas
E aos orfãozinhos sem ninguém ...

E todo o céu se lhe apresenta
Numa grande árvore que ostenta
Coisas de um vivido esplendor,

Onde Jesus, o Deus menino,
Ao som de um cântico divino
Colhe as estrelas do Senhor ...

E o pequenino extasiado
Naquele sonho iluminado
De tantas coisas mortais,

- No céu azul, pobre criança !
Pensa talvez, cheio de esperança
Vender melhor jornais.

António Feijó
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...