segunda-feira, 31 de maio de 2010

Nenhuma razão serve de desculpa para não avançar no campo dos direitos

Pelo menos ainda existe neste País alguém, governante de topo, que não tem medo de assumir abertamente as suas responsabilidades.
Um bom exemplo para o actual PR.

Para ler a notícia aceda a:
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1582829&tag=Casamento homossexual


Entretanto, o Senhor General Garcia Leandro veio afirmar :
"Homossexuais foram usados como «carne para canhão» de lutas partidárias"
"Considerando que toda a situação em torno da nova lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo era dispensável, até porque a maioria da população mostrou-se «contra», o general Garcia Leandro afirmou que a nova lei serviu apenas para «jogar com os homossexuais como carne para canhão para a guerra partidária».

Esquece-se o Senhor General que tal Lei foi uma promessa eleitoral do Partido Socialista e como tal foi referendada.
Então, Senhor General, pelo menos cumpriram uma !!!

Para aceder à notícia aceda a:
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1583007

Pronto, Manel ! E agora ?

O PS deu o seu apoio formal e institucional à candidatura de Manuel Alegre. Pelo que se conhece as estruturas do Partido , na sua grande maioria, apoiam inequivocamente o candidato o que pressupõe que lhe darão o necessário apoio no desenvolvimento da campanha. O mesmo se espera do BE.
Já se sabe que o PCP, pelo menos na sua fase inicial, apresentará um candidato para unicamente  ter tempo de antena para desenrolar a cassette habitual. Numa segunda volta, e penso que sempre a contragosto - votar nun candidato socialista é doloroso para o PCP e por outro lado dá-lhe mais rendimento ter um PR de direita no Palácio de Belém -  lá darão o seu voto a Manuel Alegre, mesmo tapando a fotografia, e para que no fim ainda possam colher alguns louros de uma possível victória. O PCP vence sempre...
Mas, e agora Manuel Alegre ?
É tempo de vir cá para fora e dar a todos os que já se definiram claramente em termos de voto e fundamentalmente a todos os outros que  se encontram indecisos, e porque não dizer confusos, as linhas mestras de um programa de acção que justifique a opção pela sua candidatura.
Esse programa deve ser feito pela positiva; não através das quebras do principal adversário - Cavaco Silva - e das suas constantes falhas, nem dos frutos que uma improvável nova candidatura à direita poderiam trazer.
Também sabemos que existe uma outra candidatura, tida como tendo invadido a mesma área ideológica, a do Dr. Fernando Nobre. É discutível que seja da mesma área ideológica. O Dr. Fernando Nobre, politicamente, e sublinho politicamente, é um cidadão que se tem distinguido pelo apoios aos mais diversos  candidatos de diferentes partidos da direita à extrema esquerda. Não é, certo, um modelo de coerência ideológica, daí o considerar acima de tudo um populista além do seu pecado original de base, o ser monárquico.
Daqui, o grande trabalho que Manuel Alegre tem pela frente. Unir o que, é verdade, desuniu; manter o que anteriormente conseguiu; partir para o país à procura dos indecisos e daqueles que , à partida, não lhe querem dar o voto.
Não é pequeno nem fácil o trabalho, mas é possível. A ver vamos.

domingo, 30 de maio de 2010

Retrato de Manuel Alegre


Alegre   Manuel    alegre até à morte
que lindo nome para um homem triste
que lindo nome para um homem forte.

Alegre   Manuel    despedaçado
pela espada da língua portuguesa;
a palavra saudade    a palavra tristeza
a palavra futuro    a palavra soldado
Alegre    Manuel   aberto cravo
aos ventos da certeza.

Alegre   Manuel   aqui mais ninguém fala
tão alto como tu    ninguèm se cala
com essa dor serena e construída
não apenas de versos mas de vida.

Alegre    Manuel    as línguas do teu canto
ateiam-nos fogo.
Neste lugar de lama e desencanto
tornas vermelho o povo.

Fotos-grafias - José Carlos Ary dos Santos
Ed. Quadrante - Col. Poesia - 1970

sábado, 29 de maio de 2010

Nem por se tratar de Cavaco

Cavaco Silva promulgou a lei do casamento homossexual.
Não era de esperar outra coisa face à situação que enfrentava. A lei havia sido amplamente discutida pela sociedade civil e aprovada no Parlamento com maioria inequívoca e sê-lo-ia novamente se o PR a vetasse, sendo obrigado posteriormente a promulgá-la. Era um novo vexame.
Em termos práticos é isto que temos de observar.
Contudo, Cavaco, à sua boa maneira, incapaz de se assumir, veio fazer um discurso vergonhoso tentando justificar a sua atitude e atirando para cima de outrem e por outros motivos, as razões da sua decisão.
Cavaco demonstrou uma vez mais porque não merece ser Presidente da República. Aquilo que queria defender, a sua reeleição, acabou por se transformar como uma arma de arremesso contra si próprio.
Desiludiu os apaniguados e deu mais força ao adversários. É um facto a ter em linha de conta.
Mas também há a posição tomada pela igreja católica e é aqui que, de novo, se volta ao velho tema da ingerência da ICAR nos assuntos do Estado Laico.
Nem por se tratar de Cavaco mudo de opinião. A ICAR , pela voz do Cardeal Policarpo, vem fazer considerações sobre a aprovação da lei e a sua influência nas próximas eleições presidenciais. Não tem qualquer legitimidade para o fazer, é um assunto que lhe não diz respeito enquanto dignitário religioso. Que se manifeste contra a aprovação da lei é uma situação decorrente das suas convicções enquanto cidadão, não enquanto clérigo. Mas pára aí! Não tem de se pronunciar sobre factos da vida civil, como por exemplo as eleições, como do mesmo modo, os estados não se metem nas eleições para bispos, cardeais ou mesmo papas nem nas opções teológicas das crenças..
A recente notícia de haver interesse de alguma direita em arranjar um candidato que, por aquele lado, faça frente a Cavaco, é, também, um exemplo dessa ingerência já que, pelo que se sabe, porviria da atitude do actual PR relativamente  ao não veto da lei do casamento homossexual.
Mais uma vez a ICAR quer continuar a forçar a sua influência na sociedade em termos políticos.  Mesmo que continue a afirmar não ser a favor de partidos confessionais não se comporta como tal. É bom que se lhes faça frente mesmo que favorecendo quem não queremos ver ser reeleito para a Presidência da República.
O Estado Laico assim o exige.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Marketest

O último barómetro da Marktest só vem provar uma coisa, a levá-lo como credível:
A maioria dos portugueses são uns cata-ventos... Não entendem coisa alguma da realidade  que os rodeia.
Contestam políticas governamentais que ainda lhes dão algo e  dão primasia a quem lhes quer tirar o Estado na totalidade na intervenção social e económica.Querem caridade em vez de direitos...
Não entendo esta gente !!!

Os problemas da memória

Deus, trabalho e família. Estas são as principais linhas em que assenta o manifesto do Movimento Assembleia.

Eis a melhor resposta aos problemas de memória que afectam muitos portugueses.
Mas não só de memória.; fundamentalmente de cultura política, coisa que uma grande maioria não teve empenho em adquirir.
Quando vejo e ouço na comunicação social ataques permanentes aos "políticos" recordo-me sempre do primarismo dos tempos do Estado Novo, onde políticos havia só um, e os outros eram servidores.
Esquecem-se, muitos portugueses, que "políticos" somos todos e mal seria se o não fossemos. Se não fossemos políticos não existiriam manifestações e contestações.
Mas, paulatinamente, estes movimentois neo-fascistas têm feito o seu caminho, e esperam, como já sucedeu na Áustria e tem vindo a aumentar por toda a Europa, pelo descontentamento popular para se poder afirmar e retornar a negritude que os seus tempos representaram. Foi assim que Hitler tomou o poder e Salazar também.
Apenas, se fosse cínico, gostaria que um dia vencessem para poder ver de garganta apertada uma faixa da população que, ignorante, ainda dá loas ao passado. Gostaria de os ver depois a revindicar, a chamar nomes ao "Senhor Presidente do Conselho", a bater com os costados na prisa da polícia política e a sofrer no dia a dia as ignomínias de um povo trabalhador sem voz e subserviente alistado na Nova Legião Portuguesa.
Felizmente que estes movimentos vão tendo o fim que merecem - o esquecimento.
Mas não podemos de deixar de referir a sua apresentação. Seria um erro político !

Para ler a notícia, aceda a:
http://dn.sapo.pt/especiais/interior.aspx?content_id=1580389&especial=Extrema Direita&seccao=SOCIEDADE

quinta-feira, 27 de maio de 2010

A falta que lhe faz a Hermínia Silva...

Já não há ninguém a dizer :

-Anda, Pacheco!!!

Agora só se houve:

-Vai-te, Pacheco !!!

Ele não acreditou nos altos e baixos da "vida artística"...

terça-feira, 25 de maio de 2010

A Chave - Conto de Rui Herbon

Um conto de 63 páginas que se lêm de um só fôlego.
Uma escrita simples, de leitura apelativa, que nos envolve em "suspense" até à última página.
A vida enquanto desígnio anterior, contemporâneo e posterior a nós próprios.
Uma muito boa hora de leitura que mereceu o Prémio  Branquinho da Fonseca de Conto Fantástico da C.M. de Cascais- 2009.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Igreja vê com desagrado criação da primeira célula por mãos humanas


É natural!
Querem defender a sua patente...

Para ler a notícia aceda a:
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Igreja-ve-com-desagrado-criacao-da-primeira-celula-por-maos-humanas.rtp&article=346468&layout=10&visual=3&tm=7

Para amenizar

Com os meus agradecimentos à Maria José Gama.

"Larousse définitions"
É bom para distrair e sorrir.
Acedam a :

https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=gmail&attid=0.1&thid=128ba5cc20a8042c&mt=application%2Fvnd.ms-powerpoint&url=https%3A%2F%2Fmail.google.com%2Fmail%2F%3Fui%3D2%26ik%3Df33f4efdb7%26view%3Datt%26th%3D128ba5cc20a8042c%26attid%3D0.1%26disp%3Dattd%26realattid%3D0.1%26zw&sig=AHIEtbQqgENxUICerJ_a-9A8Vo_8Wy0b0A

A moção de censura do PCP



Mas alguém é capaz de informar de vez o PCP de que o Muro de Berlim já caíu há muitos anos ?
E já agora lembrem ao BE, também...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Falência dos objectivos do PSD na CPI

Apesar da jogada baixa intentada por Pacheco Pereira e sequazes o Dr. Mota Amaral, fiel à sua imagem enquanto político, não se deixou ir no jogo congeminado pelos seus parceiros de partido e impediu a perversão da legalidade na CPI.
Honra lhe seja feita !
Com uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma, o Dr. Pacheco Pereira,  face ao descabro  em que a CPI  parece vir a transformar-se para os seus proponentes, tentou uma última jogada de modo a salvar a face e induzir em erro a opinião pública.
Correu-lhe mal. Ninguém vai, já, naquela conversa. A posição serena e firme do Dr. Mota Amaral destruiu pela base o intento do PSD.
Resta ao Dr. Pacheco Pereira, sobrevivente do Manuelferreirismo, retirar-se para o fundo do hemiciclo para junto da sua patrocinadora, aliás o que fez de imediato à declaração à imprensa, e aguardar melhores dias ou os nenhuns que porventura dentro do seu partido lhe venham a ser proporcionados.
Pode-se dizer que caiu o pano e saiu de cena.
Pacheco Pereira é um actor desempregado.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

O Interregno

Não sei porquê (?) mas parece-me que anda aí muita gente a ler o texto em título em que Fernando Pessoa fazia, em 1928, a Defesa e Justificação da Ditadura Militar em Portugal, em nome de um Núcleo de Acção Nacional.
É claro que o texto deve ser lido e meditado mas, daí a segui-lo, vai uma grande diferença.
Políticamente, Pessoa, não foi um modelo de virtudes.
Mas cada um come do que gosta... Quem sou eu para contrariar...

O Interregno, de Fernando Pessoa
Edição/reimpressão: 2007 Editor: Ática

Relatório da Comissão de Ética para a Liberdade de Expressão e Imprensa



Ora, então, digam lá para que é que serviu ?
Nada !
E ninguém se vai queixar dos custos ?

terça-feira, 18 de maio de 2010

Conferência Episcopal diz que casamento homossexual fragiliza família


Porque eles sabem do que falam, na realidade, deve fragilizar a família dos padres homossexuais que se não podem casar...
Já a dos padres pedófilos não tem qualquer importância....

Diz-se que a visita do papa

terá custado qualquer coisa como 150 milhões de Euros.
Como seria normal, os custos da visita deveriam ser suportados pelos prozélitos do sacerdote máximo da igreja católica romana.
Assim todos os declarados cristãos católicos deste país deveriam chegar-se à frente e, nesta altura de aperto orçamental, dividir por todos os tais cerca de 150 milhoes de Euros.
Estou convencido de que se trataria do verdadeiro censo da igreja católica em Portugal, pois, certamente, se chegaria à conclusão de que, afinal, eram muito poucos.
-Pagar ? Eu ? Tá doido ou quê ? Eu nem vou  missa ....

segunda-feira, 17 de maio de 2010

A promulgação da lei do casamento homossexual

Cavaco promulgou a lei porque a tal foi obrigado e porque não vislumbrou hipótese de a mesma poder vir a não ser aprovada na AR.
Assim, e contra sua vontade, assinou !
Mas deixou, para a posteridade, um texto que, para mim, é o suficiente para, junto com tudo o resto que tem representado a sua actuação como PR, dizer que NUNCA votaria, como não votei, no actual presidente caso se venha a recandidatar.
Promulgou no Dia Contra a Homofobia! Ficou-lhe bem! Os fundamentos, contudo, anularam todo o benefício que poderia ter tido. Saiu-se mal !
Também, se pensarmos maduramente, daqui a alguns anos, já ninguém se lembrará que existiu em Portugal um PR chamado Aníbal Cavaco Silva.

Silva Lopes - um homem que não foi a Belém

Não necessita de se pôr em bicos dos pés nem tão pouco de fazer parte  de "brigadas" de promoção própria e de objectivos inconfessáveis (?).
É um dos mais antigos economistas deste país, com provas dadas, e cuja opinião é de ponderação obrigatória.
Foi entrevistado para o  DN/Economia, no passado dia 14.
Texto de leitura mais do que necessária para quem quer elucidar-se.
Aceda a:
http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1569715

Frasquilho mentiu a alguém !



Perante a notícia saída, o Dr. Miguel Frasquilho estará entre dois fogos:
Ou mentiu no Parlamento, e já se sabe que isso agora dá direito a Comissão Parlamentar de Inquérito, ou mentiu enquanto funcionário do BES-Research, e isso poderá dar em processo disciplinar.
De qualquer modo e, em qualquer dos casos, é um atestado de grande credibilidade...

Sobre o assunto, aceda a:
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1571743

Mirandela - "Playboy" fala em censura

Será que vai haver uma Comissão Parlamentar para avaliar mais uma caso de censura ?
Creio que não !
O Presidente da Cãmara de Mirandela não é o Sócrates, a Playboy não é o Jornal de Notícias, e os responsável da revista não são o Mário Crespo nem a D. Guedes.

Sobre o assunto aceda a :
http://www.ionline.pt/conteudo/60180-coelhinha-mirandela-playboy-fala-em-censura

domingo, 16 de maio de 2010

DECISÃO

Após demorada ponderação decidi, hoje, que nas próximas eleições presidenciais votarei em
 Manuel Alegre.

Destino


Irmão navegante,
a sereia que procuras - o teu destino,
um dia,
saída em choro do teu sangue,
podes tê-la
música na onda em que ressurja o brilho do luar
e onde na água do escuro haja uma estrela !

Edmundo de Bettencourt - Poemas de
Ed. Assírio & Alvim - 1999

sábado, 15 de maio de 2010

Manuel Alegre e as medidas de austeridade

Ainda bem que Manuel Alegre se pronunciou já sobre o assunto.
Era importante saber o que pensava e até que ponto as posições tomadas pelos partidos e/ou movimentos que o apoiam ou poderão vir a apoiá-lo lhe condicionariam o discurso.
Marcou mais um ponto !
Para saber mais aceda a:
http://www.manuelalegre.com/202000/1/000609,052010/index.htm

D.Duarte piou...



mas  a este passarinho, mesmo que eu fosse monárquico, não dava ninho nas cortes.
Para terem a certeza do que digo acedam a:
http://dn.sapo.pt/revistas/ns/interior.aspx?content_id=1567865

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Papa condena aborto e defende casamento heterossexual

É natural que no Estado (?) que ele governa, uma monarquia teocrática e infalível, sem população autoctone nem possibilidade reprodutiva, ele possa impor a sua vontade soberana.
Aqui, não!!!
Este país não é o dele nem é uma colónia do Vaticano !
E até pode ser considerado uma interferência, melhor, uma forma de pressão inqualificável na vida de um país soberano com legislação sobre o assunto ainda por aprovar a nível da Presidência da República.
Mais uma vez a hierarquia religiosa, contradizendo o seu próprio discurso, não se adapta aos novos tempos do Mundo, e pressiona ilegitimamente os poderes públicos dos estados.
Um peregrino fala de fé, segundo se crê, não fala de política que lhe não diz respeito.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Gostava que


as mulheres deste país se pronunciassem...

( Agradecimento ao "Ponte Europa" pelas fotografias)

Bem prega frei Tomás...

"Igreja deverá adaptar-se a novos tempos"
Assegurou hoje Bento XVI.
Mais vale tarde que nunca...
Mas, mesmo assim, uma pessoa fica de pé atrás,,,
São coisas "da boca para fora" diz o povo...
Dir-me-ão:
-Já é bom dizer !
-Sim! mas do dizer ao fazer vai uma grande distância e pelo que estamos habituados é mais curial duvidar.
De qualquer modo aceda a:
http://noticias.sapo.pt/especial/bentoxvi_portugal/info/artigo/1064366.html

A declaração de Manuel Alegre sobre a acusação de deserção

Existe alguma polémica à volta da declaração de Manuel Alegre sobre a sua situação militar.
Ao contrário de muitos, estou de acordo com a atitude do candidato às presidenciais, não porque considere que tal fosse motivo de exclusão mas porque a campanha de denegrição de Manuel Alegre, por esse motivo, que tem sido levada a cabo tem de ser esclarecida para que não restem dúvidas à grande maioria do eleitorado tantas vezes permeável a assassínios de carácter.Mas, sobre o assunto, chamo a atenção para o artigo de opinião de Ferreira Fernandes hoje no DN.

"Claro que Alegre não desertou"
http://dn.sapo.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=1567565&seccao=Ferreira Fernandes&tag=Opini%E3o - Em Foco

terça-feira, 11 de maio de 2010

Encontros ou desencontros


Espero, para que seja coerente com a doutrina, que o cardeal Ratzinger não se esqueça de se encontrar em privado com famílias como esta. Temos cá muitas!

Manuel Alegre divulga registo de cumprimento do seu serviço militar


Ora aí está a informação que faltava e que é absolutamente necessária para acabar com certas "bocas" que sibilinamente por aí se têm espalhado ao longo dos anos.
Ainda bem que Alegre tomou esta decisão.
Já agora, seria bom que os restantes candidatos fizessem o mesmo...

Abuso presidencial

Cavaco dixit:

“É com profundo júbilo que, em meu nome e em nome de todo o povo português, dou as boas vindas a Vossa Santidade, no início de uma visita plena de significado para Portugal”.

Não em meu nome !

“Nestes momentos, os homens precisam de quem traga uma mensagem de esperança à sua sede de justiça e de solidariedade”.

Obrigado, mas dispenso as mensagens de Bento XVI !

Bento XVI adere à moda ribatejana

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Eu sei que isto não tem importância nenhuma...

mas, esta, foi a grande notícia de ontem.

"UE tem megaplano de 600 mil milhões para salvar o euro"

Pela primeira vez, nestes últimos meses, senti que, afinal, fazia sentido dizer que sou europeu e que defendo uma União Europeia cada vez mais forte e actuante .

Aceda a :
http://dn.sapo.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1565708

E de repente

Posted by Picasasenti-me a reviver outros tempos...

sábado, 8 de maio de 2010

A núvem de poeiras

Estejam descansados os católicos. O Papa virá sempre. Não há poeira que lhe pare o avião.
Quanto mais não seja já deve ter falado com o CEO da multinacional religiosa no sentido de que apareça, nem que seja por milagre, mais um a adjudicar a Fátima, um corredor nos céus para a passagem da sua autocaravana aérea.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

A vida são dois dias,



o Carnaval são três e a visita do Papa dura quatro...
É assim como um carnaval alargado à 4ª. feira de cinzas...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Tem piada o Dr. Nobre


Segundo as suas últimas declarações, o seu desejo não é ganhar as presidenciais é deixar o Manuel Alegre em terceiro...
Será de dizer :
"Anti-Alegre" escondidos com Nobre de fora ...?

Drop Box

Se me sair o "Euromilhões" vou comprar um jornal



só para entrevistar entrevistadores.
Pode ser que comecem a não gostar de ser escrutinados pela opinião pública naquilo que é o seu trabalho e as suas motivações.

Mãe não tem limite

MÃE NÃO TEM LIMITE


Por que Deus permite
que as mães vão-se embora ?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade !
Porque Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia ?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei :
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto do seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade - Antologia

quarta-feira, 5 de maio de 2010

E Silva Pereira tudo levou...



e a Comissão de Inquérito esvasiou-se completamente.
De lamentar a posição do deputado do BE João Semedo que, embora entalado entre a realidade e os seus desejos, mais não fez do que repetir o seu estafado discurso e o seu usual pequeno sorriso hoje não apareceu.
Há dias em que um deputado relator do BE não devia sair de casa...

Manuel Alegre oficializou a candidatura à Presidência da República

Concretizou-se.
Era esperado que não houvesse qualquer retrocesso no intento de Manuel Alegre de se recandidatar; não é homem para esses jogos.
Fez um bom discurso de apresentação apesar de aqui e ali ter resvalado para algum populismo como é o caso da menção à juventude.Mas no cômputo geral foi positivo e marcou o seu terreno e as diferenças face aos outros candidatos, um ainda não assumido o outro sem discurso político.
Mas perguntar-me-ão: Então dás-lhe o teu apoio ?
Responderei: -Ainda não! Ainda falta qualquer coisa...e eu sou muito esquisito e exijo que Manuel Alegre me esclareça na totaldade. Já afirmei, aqui, uma vez que não engulo sapos, por isso aguardo calmamente.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Petição Cidadãos pela Laicidade, para Senhor Presidente da República Portuguesa

Acabei de ler e assinar a petição online: «»


http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=

Eu pessoalmente concordo com esta petição e acho que também podes concordar.
Subscreve a petição e divulga-a pelos teus contactos.

Hoje apeteceu-me um poema de W. B. Yeats

Morte

Nem temor nem esperança assistem
Ao animal agonizante;
O homem que seu fim aguarda
Tudo teme e espera;
Muitas vezes morreu,
Muitas vezes de novo se ergueu.
Um grande homem em sua altivez
Ao enfrentar assassinos
Com desdém julga
A falta de alento;
                                            Ele conhece a morte até ao fundo -
                                            O homem criou a morte.

                                           W.B.Yeats - Uma Antologia
                                           Ed. Assírio & Alvim

A brigada do reumático dos economistas...

vai a Belém prestar vassalagem a um economista com reumático politico-económico....
Bom presságio!
Marcello Caetano, que  recebeu a primeira brigada (diga-se de altos cargos militares), caíu pouco depois de uma apresentação de vassalagem semelhante, por via de um golpe militar de jovens oficiais.
Será que existirão uns novos economistas, quais capitães do ramo, capazes de alterar também o "staus quo"representado por estes brigadistas ?

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O Pacheco está "lélé da cuca"

"Enquanto não houver um Papa que não seja mulher, lésbica, negra, de preferência não crente, e que vote nos EUA no Obama, os Papas, em particular este, são alvos preferenciais. E este acirra os ânimos de forma muito especial porque é branco, alemão, conservador, teólogo, e conhece bem demais a impregnação da doutrina cristã pelas variantes na moda desde os anos sessenta de « progressismo » esquerdizante."

Publicado no blogue " Abrupto"
http://abrupto.blogspot.com/2010/05/coisas-da-sabado-visita-do-papa.html

Manuel Alegre defende investimentos públicos como "arma" contra a crise

(Notícia do Público - on-line)

Começa a desenvolver-se a possibilidade de, a pouca e pouco, se conseguir ir tomamdo conhecimento das posições políticas dos diferentes candidatos presidenciais, face aos problemas nacionais e internacionais  que enfrentamos. De novo, e bem, Manuel Alegre, veio a terreiro dizer de sua justiça. E foi inequívoco.
Para o candidato, a necessidade de mais investimento público em Portugal, com vista à resolução dos nossos problemas de desemprego e de crecimento económico,e a solidariedade europeia para com a Grécia, são pontos assentes com vista aos futuro.
Uma declaração importante com a qual marca pontos. Pelo menos para mim.

Para ler a notícia global integral aceda a:
http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/manuel-alegre-defende-investimento-publico-como-arma-contra-a-crise_1435208

Fartos de meter água...




BE: Partido reúne-se com nadadores-salvadores da Póvoa de Varzim e Vila do Conde para discutir falta de profissionais

Aceda a:
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10986813.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...