quinta-feira, 20 de maio de 2010

Falência dos objectivos do PSD na CPI

Apesar da jogada baixa intentada por Pacheco Pereira e sequazes o Dr. Mota Amaral, fiel à sua imagem enquanto político, não se deixou ir no jogo congeminado pelos seus parceiros de partido e impediu a perversão da legalidade na CPI.
Honra lhe seja feita !
Com uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma, o Dr. Pacheco Pereira,  face ao descabro  em que a CPI  parece vir a transformar-se para os seus proponentes, tentou uma última jogada de modo a salvar a face e induzir em erro a opinião pública.
Correu-lhe mal. Ninguém vai, já, naquela conversa. A posição serena e firme do Dr. Mota Amaral destruiu pela base o intento do PSD.
Resta ao Dr. Pacheco Pereira, sobrevivente do Manuelferreirismo, retirar-se para o fundo do hemiciclo para junto da sua patrocinadora, aliás o que fez de imediato à declaração à imprensa, e aguardar melhores dias ou os nenhuns que porventura dentro do seu partido lhe venham a ser proporcionados.
Pode-se dizer que caiu o pano e saiu de cena.
Pacheco Pereira é um actor desempregado.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...