quarta-feira, 29 de julho de 2009

Bis morgen, Oldenburg !

Pois, vou de férias umas duas semanitas.
Mas graças a esta tremenda invenção que é a internet vou poder saber o que cá se passa e se possível intervir.
Não será, certamente, com a mesma intensidade, mas a ver vamos.
Saudações para todos.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Luís Fazenda acusa Costa de ter cedido aos interesses privados

Luís Fazenda e o BE resolveram fazer prova de vida e atacar o candidato do PS+Independentes.
Mas uma prova da convergência à esquerda.
Atacar o Santana ? Nunca !
O PS+Independentes, SIM !...

sábado, 25 de julho de 2009

FARTOS

Fartos

http://www.youtube.com/watch?v=LHEeAfDUppo

"No Irão morreram mais de 20 pessoas em protesto contra os resultados eleitorais e exigindo mais democracia. As liberdades fundamentais foram suspensas. Nas Honduras, militares golpistas extraditaram o presidente democraticamente eleito. Os protestos já geraram duas vítimas mortais. As liberdades fundamentais foram suspensas. Na China, 140 pessoas morreram em protestos contra a suposta hegemonia de uma etnia. 1400 pessoas foram presas e as liberdades fundamentais foram suspensas.


Estamos fartos disto!
Estamos fartos de repressões e ditadurices.
Estamos fartos de desrespeitos claros aos mais básicos direitos fundamentais.
Estamos fartos de ver a liberdade ser suspensa.
Estamos fartos de ver a democracia ser adiada em tantos países.
Estamos fartos da paz ser constantemente hipotecada. Não pode ser!
Estamos fartos e, dentro das possibilidades de cada um, vamos fazer barulho por isso!

Temos dito!

"Este texto é um contributo para a iniciativa da ATTAC Portugal: www.fartos.net a que já aderiram, na sequência do repto lançado, muitos e interessantes blogues.


De acordo com a sugestão feita sob a forma de corrente, a qual integro na sequência do desafio de Ana Paula Fitas de A Nossa Candeia, também eu lanço o repto, nos termos em que esta manifestação de solidariedade está organizada, a blogues amigos, procurando não repetir aqueles que já foram indicados por anteriores adeptos desta causa:

A Vida de Pifo
Menina bem comportada
Terra dos Espantos
Ponte Europa

Passar a palavra

Primeiro:
Acredito na democracia representativa e que ela não existe sem partidos políticos.
Segundo:
Acredito, também, e contudo, que quem não é filiado em qualquer partido tem um papel importantíssimo a desempenhar no desenhar político que deseja para o país.
O independente não é um eleitor sem causas, antes pelo contrário, e porque as tem, talvez se encontre mais próximo do senso comum do cidadão anónimo, sendo capaz de, de forma mais desapaixonada, olhar os problemas e escolher as causas que, do seu ponto de vista, mais urge resolver para o bem da sociedade em que se insere.
O recente aparecimento de convergências em torno de projectos políticos face a presumíveis perigos de retorno ao poder da direita é disso um bom exemplo.
A assumpção, por parte de independentes, desse perigo é também uma chamada de atenção aos partidos políticos mais radicais porque fazem, objectivamente, da convergência um crime de "lesa" filosofia política e não um meio de procurar, apesar das divergências, uma plataforma de combate mais ampla ao que na realidade é necessário combater, a direita e as suas políticas redutoras.
É, por isso, necessário passar a palavra, fazer conversa digna com aquilo que realmente nos une e optar. Optar é a palavra chave na actual situação e dela dependerá o futuro a curto e médio prazo do país. Das opções de cada um não haverá lugar a desculpas no dia seguinte. Que cada um as assuma com consciência, sentido de visão e sensibilidade.
E tudo isto. Maria João, porque estivemos a conversar na rua onde passavam as pessoas anónimas que, certamente, têm também estes mesmos pensamentos. E é necessário dizer-lhes.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Ouviste bem, Bernardino Soares ?

Notícia do Sol online:

"Mineiros de Aljustrel defendem Manuel Pinho em abaixo-assinado"

«Repudiamos que os trabalhadores e a empresa sejam usados para aproveitamentos políticos, como aquele que foi feito contra o ex-ministro, Manuel Pinho, que - reconhecemos - se esforçou e fez todo o possível para levantar as Pirites Alentejanas, tendo-se obtido resultados positivos»
«Era injusto da nossa parte [dos trabalhadores da mina de Aljustrel] não agradecer» a Manuel Pinho, «porque, realmente, ele fez muito pela Pirites Alentejanas»

Simplex, o blog

Felizmente ainda existe gente para quem a necessidade de prover o futuro leva à convergência de esforços e à procura do que os une verdadeiramente.
O novo blog "Simplex" é disso um exemplo e demonstra que os objectivos comuns são uma realidade; que se sabe o que se deseja e se afirma veementemente o que se não quer.
Não estou no Simplex mas estou com o Simplex.
Quem o não conhece vá a:

http://simplex.blogs.sapo.pt

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Segundo Pacheco Pereira, na Quadratrura do Círculo,

quando Manuela Ferreira Leite falar não devemos ligar muita importância.
Porquê ?
Porque aquilo que ela queria dizer não era aquilo que disse. E aquilo que disse não era aquilo que queria dizer.
Portanto, capachinho/capachorra, a drª. Leite não sabe o que diz e não devemos acreditar no que ouvimos.
Grande candidato a Primeiro Ministro.

Sobre a proposta de Jardim

Mas não há ninguém que relembre na blogosfera o que era a indignidade das declarações de repúdio de doutrinas contra as do "regime estabelecido" que pessoas como eu e mais velhas eram obrigadas a assinar, e a reconhecer notarialmente, para poderem manter, ou ter acesso , o seu emprego no Estado ?
O povo português não tem memória curta mas muitos dos opinadores actuais, porque imberbes politicamente, até porque a idade não ajuda nem a PIDE existe, não sabem o que isso era..
O dr. Alberto João porque transitou de um regime para o outro incólune nem se dá ao trabalho, talvez porque comprometedor, de se recordar.
Quanto áquilo que, tentando dourar a pílula, quer fazer, agora, de teoria política sobre o comunismo "latu sensu", também se pode chamar a atenção que o primeiro partido, e daquele donde iniciou a sua luta política, Lenine, era o Partido Social Democrata.
Quererá isto dizer que o PSD vai transformar-se em bolchevique ? E que deverá ser irradiado da cena política portuguesa ?

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O bobo da corte da Madeira

Todo o reino tem o seu bobo.
Nós, na Madeira, temos o Alberto João.
Mas no todo nacional este bobo não cola.
Esperemos que o senhor Presidente da República, tão preocupado que esteve com os "corninhos" do Ministro Pinho, se preocupe, agora com os dislates deste governante madeirense.
Que o Prof. Cavaco não gosta de comentar situações relacionadas com os conselheiros de estado (?) já o soubemos recentemente mas agora não terá saída.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Fazem tudo para chatear o Pedro

António Costa e Helena Roseta chegaram a acordo sobre Lisboa.
Mais um sinal de fraqueza a ser apontado por Santana Lopes ...

Agora tenho a certeza

Depois das declarações de Pedro Santana Lopes, ontem, na entrevista a Judite de Sousa, fiquei com a certeza absoluta de que o homem "pirou".
Então aquela de António Costa estar a demonstrar fraqueza por estar a fazer coligações é de mestre. Ou não fosse ele próprio (Santana Lopes) candidato por uma coligação de quatro ou cinco partidos + independentes .
Este homem não enxerga o caricato a que se expõe ?
Mas o mais caricato é que existe em Lisboa, capital do império, quem o leve a sério.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Morreu Palma Inácio

Hoje, aos 87 anos, morreu Hermínio da Palma Inácio, figura mítica na luta contra o regime fascista português.
Esta noite, em sua memória, deverá haver luar.

"Talvez não sejamos muitos"

Um belíssimo post de Miguel Vale de Almeida.
As interrogações de um homem sempre de esquerda perante a paisagem actual da política portuguesa.
Uma posição interessante de alguém que tem sido "compagnon de route" do BE.
Para ler vá a :

http://blog.miguelvaledealmeida.net/?p=951

Alegre adverte que recusará alianças à direita

Sim, e depois ?

domingo, 12 de julho de 2009

Cristãos decapitados na Somália

Chocante !
Ao que leva o fundamentalismo religioso.
E não é chocante por serem cristãos.
Fossem o que fossem, eram seres humanos.

Hipocrisia

Segundo palavras do Papa Bento XVI :

«A Igreja não tem soluções técnicas que possa apresentar, mas como especialista na humanidade, oferece a todos os ensinamentos das santas escrituras sobre a verdade do Homem».

Pela prática só pode soar a hipocrisia.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Serviço Nacional de Saúde 30 anos

Talvez a mais conseguida reforma da Revolução de 74 .
Depois da Liberdade política o SNS é, certamente, a mais emblemática trasnsformação da sociedade portuguesa.
Contra poucos mas a favor de muitos mais, é dia de relembrar António Arnaut, o pai do SNS.

Ouviu bem Dr. Louçã ?

Da entrevista de António Chora ao DN de hoje :

"Tem pena da saída de Pinho?

Face à acção não havia outra saída e eu próprio lhe disse. Mas, para a Autoeuropa, se isto tivesse acontecido mais longe das eleições podia ser complicado, já que estamos à beira de ultrapassar os nossos problemas em torno do lay-off para concorrer a outro produto, sem o qual não temos futuro. Precisamos de um ministro igual a este."

Estivadores fazem manifestação com petardos e insultos graves a Sócrates

O Senhor Presidente da República vai amanhã pronunciar-se sobre este assunto.
Esperem sentados...

Leis fracturantes

Cavaco não me desilude porque nunca tive ilusões acerca do que seria o seu primeiro, e desejo que único, mandato .
A crescente intromissão no processo legislativo e governamental demonstra a verdadeira face do actual PR e o seu verdadeiro conceito da sua função.
A sua perversa colagem a um partido da oposição, mascarada de equilíbrio; a intromissão na discussão pública que devia considerar fora do seu âmbito, em nome do mesmo equilíbrio, são exemplos da sua tentação de interveniência.
Tal como Eanes, seu denodado apoiante, tem uma propensão presidencialista do regime, que o não é, e com o qual, permanentemente, entra em colisão.
Conseguiu iludir muita gente, até o governo, na primeira parte do seu mandato até mostrar agora a sua verdadeira face.
Sem dúvida que, com Eanes, forma a dupla dos piores Presidentes da República pós revolução.
Estará, num futuro muito próximo, as presidenciais, nas mãos dos portugueses terminar de vez com este estado de coisas.

Eurodeputadas recusam lições morais de Alegre

Pois é, Manuel Alegre,
escusavas de ouvir isto e, pior ainda, os argumentos que levam à negação do teu pedido de recusa.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Fenprof apresentou ao PCP «livro negro» com políticas PS

Como se não tivessem ajudado a escrever o original ...
Não me façam rir...

Ainda sobre Francisco Louçã

Segundo o DN :

«O coordenador da comissão política do Bloco de Esquerda (BE), Francisco Louçã, demarcou-se hoje da apreciação do responsável da comissão de trabalhadores da Autoeuropa, António Chora, sobre Manuel Pinho no jantar de despedida do ex-ministro. António Chora, que integra a comissão política do BE, participou sábado à noite num jantar de despedida do ex-ministro Manuel Pinho, em Lisboa, e afirmou que o ex-governante "fez muito pela indústria do país".

Um belíssimo exemplo das teorias trotskystas que enformam o dirigente do BE.
A respeito dessas teorias seria bom que os apoiantes e votantes do Bloco lessem a descrição do que se passou em Cronstadt de Março de 1917, mormente nos dias 6 e 7, por ordem do próprio Trotsky.
Chegarão depressa à conclusão sobre o que valem para o partido, as posições, opiniões e decisões do trabalhadores.
Leiam, pensem e depois votem

Manuel Alegre, de novo

Porquê e para quê ?

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Uma resposta ao Bernardino

O jantar de despedida de Manuel Pinho teve a participação de elementos de comissões de trabalhadores de empresas, que não são do PS, caso da Autoeuropa.
Será que a "virgem" Bernardino alguma vez receberá tal homenagem pelo trabalho na defesa de postos de trabalho, é claro ?
Talvez seja essa mais uma pedra no sapato do líder parlamentar do PCP.

Autárquicas de Lisboa

Tantos anos depois de 74 a esquerda mais radical continua a não entender.
Na última sondagem sobre as autárquicas de Lisboa verifica-se o que já se esperava.
Toda a direita junta tem 37%. Toda a esquerda 60%.
Então qual é o problema ?
O problema é que a direita personalizada no populista Santana Lopes pode vencer a Câmara perante o divisionismo habitual e inconsequente que é apanágio da esquerda portuguesa.
E quais são os problemas da esquerda se unir ? Os mesmos de sempre.
Os partidos minoritários querem ser reconhecidos como peças fundamentais do jogo, e são-no, mas com direito a influências que o voto maioritário dos cidadãos não lhes outorgam.
O caso mais paradigmático é o do PCP, vulgo CDU, pelas razões que se conhecem e que não se apresentam só nas autárquicas mas também nas legislativas.
O PCP sempre combateu a hegemonia do PS, nunca lhe perdoou a sua própria secundarização.
O PCP prefere que ganhe a direita a que ganhe o PS . Politicamente, é-lhe mais favorável.
O caso do Bloco tem uma génese diferente mas com frutos idênticos. Helena Roseta é ela própria e combate por uma união que não consegue levar avante.
Era bom que existisse bom senso à esquerda. Mas será que a cegueira perdurará ?

domingo, 5 de julho de 2009

Louçã acusa Governo de rasgar promessa de emprego

Da notícia da TSF online.

Demagogia ?
É pouco ! É falta de seriedade. Principalmente para um professor catedrático de economia.
É a falta de coerência já habitual em certos políticos deste país, nos outros, também, talvez seja assim. mas aqui está a abusar-se.
Acusar alguém de não fazer algo quando as condições se tornaram adversas e quando se combateram politicamente as medidas que podiam levar à sua realização é falta de ética política, se ela existe.
Mas do prof. Louçã e do seu BE já nada espanta.
Pergunto mesmo, o que pensarão os presuntivos eleitores do Bloco perante aquilo que aquela organização pensa para o futuro do país. Não só em termos de emprego, como na economia, nas finanças, quanto à Europa e demais políticas que vão estar em discussão para as legislativas.
Será que acreditam no que o Bloco defende efectivamente ou o seu posicionamento é só de protesto sabendo que, como é o caso do PCP, não correm o risco de o BE se tornar governo.
Será que gostariam da implementação das políticas defendidas ?
Pensaram bem ?
Duvido !
Creio, mais, que estão a ser conduzidos por pequenos ódios pessoais, pela perda de benefícios, por questões de política menor, quando é o futuro do país que está em causa.

sábado, 4 de julho de 2009

Os ódios do socialista Henrique Neto

Quando a larga maioria dos politólogos e conhecedores abalizados tecem elogios ao trabalho de Manuel Pinho como Ministro da Economia, Henrique Neto, um socialista, diz do ex-ministro o que Maomé não diz do toucinho.
Será que o ódio de estimação por Sócrates e o seu governo lhe tolda o descernimento ?
É muito estranho este comportamento e ninguém o entende.
Já nem falo da subscrição do Manifesto dos 28 .
Também não desejo, sequer, admitir que por detrás destes ataques esteja o processo que lhe foi movido pelo Estado devido a dívidas às Finanças.
Não quero acreditar que isso possa mover um homem por quem sempre tive consideração.
Mas lá que é estranho, muito estranho, é .

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Ainda sobre Manuel Pinho

O PR, Cavaco Silva, pronunciou-se sobre o assunto .
Acho estranho. Nunca o ouvi prenunciar-se noutros casos, até passados com um conselheiro de estado ou com outros deputados.
Nem sequer com a má criação de Rangel, ontem na AR, para com Jaime Gama
Estou até a pensar em casos que o envolveram na Madeira. Nunca se referiu a eles.
Porquê agora ...

Acabado o homem, falemos do Ministro

Será que o ex-ministro Pinho vai ficar na história como "o das gaffes" ou como o Ministro da Economia que, nos últimos anos, mais deu ao país?

quinta-feira, 2 de julho de 2009

O caso Manuel Pinho

José Sócrates fez o que tinha a fazer perante a atitude impensada de Manuel Pinho em pleno hemiciclo.
O Ministro já não o é.
Pena que o presidente do grupo parlamentar do PSD, tão lesto a criticar hoje, há uns tempos não tenha tomado a mesma atitude face ao deputado José Eduardo Martins quando este mandou, o deputado Afonso Candal, "pr'ó c....", também no plenário.

Uma não notícia

Pedro santana Lopes apresentou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...