domingo, 17 de novembro de 2013

O futuro europeu morreu ontem




Pelo que se vai desenrolando politicamente por essa Europa com a traição aos princípios que construíram o ideal europeu por parte dos partidos que o promoveram ( socialistas/sociais-democratas e democratas-cristãos) nada mais existe do que constatar que o futuro europeu morreu "ontem" e que hoje, para além de olharmos com desprezo para o cadáver, mais não nos resta do que começar de novo, baseados na tradição humanista que nos enforma,  e se necessário recorrer à força para impedir as tendências totalitárias de extrema-direita que se avizinham (Holanda, França, Hungira e não só).

Fomos atraiçoados pelos líderes europeus, pelas organizações políticas e político-partidárias europeias, nos finais do sec.XX e princípio do sec. XXI.

Pouco mais nos resta, se ainda nos resta alguma coisa, que tomar o futuro nas nossas mãos e avançar, apesar dos sacrifícios que possam estar no horizonte, mas caminhando em frente por nós, povos da Europa e fundamentalmente da Europa do Sul, caso contrário seremos certamente engolidos sem apelo nem agravo às mãos de um qualquer autoritarismo e à total supressão das liberdades que conquistámos com tanto esforço e que serão menosprezadas, como sempre sucede, quando os povos se sentem ameaçados na sua segurança e no seu bem estar (?).

O futuro desta Europa morreu. Unamo-nos para construir outro enquanto é tempo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...