segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Um exemplo de coerência

chines_historiagnv.jpg (400×358)

Não é de estranhar que muitos antigos maoistas se encontrem, hoje, nas fileiras do PSD. Afinal, aquele país que ainda hoje é governado pelo que se afirma ser o Partido Comunista Chinês, é um dos exemplos mais acabados de exploração dos trabalhadores . 
A incoerência das atitudes políticas e o mandar às urtigas a ideologia que enforma os regimes é coisa que se pega e em Portugal temos um bom exemplo: o governo de um partido que luta pelo fim da influência quase total do Estado na economia acaba de presentear uma empresa estatal de outro país, o tal que se diz comunista, com mais de 20% do capital da nossa mais importante empresa no sector energético.
Quer isto dizer que é bom vender a uma empresa estatal estrangeira aquilo que por cá é considerado ser um erro, ou seja, manter nas mãos do Estado Português a líder nacional de um sector fundamental para a nossa economia. Vai ficar também nas mãos do estado, só que é outro, mas não o nosso.
É , na realidade, de ficar com os olhos em bico o observar os caminhos por que nos querem levar assim como desconfiar, e muito, pelos interesses nacionais e internacionais que estão por detrás disto tudo e fundamentalmente aqueles que o governo actual e a própria Troika representam.  

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...