sexta-feira, 8 de maio de 2009

Sou persistente e ouvi o Jornal da noite da TVI

E depois daquela coisa sem ponta de consideração lembrei-me de umas palavras de Raúl Proença, num artigo no jornal A Vanguarda, em 22.02.1909.
Era sobre o Carnaval ( que triste semelhança) e dizia o inesquecível autor:
"...
Como é carnavalesca a vida, e como é triste o carnaval !
São tristes as máscaras! Dá vontade de lhes esmurrar as ventas, os estafermos ! "
Mais à frente, continuava:
"De vez em quando passa no ar um cheiro a sulfídrico ... É a decomposição. "
Que actual é Raúl Proença ...

2 comentários:

mdsol disse...

Se é!

:))

T.Mike disse...

Mdsol,
se sou, a mais não sou obrigado, não é ?
Adorei o :)) .
Saudações

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...