domingo, 30 de novembro de 2008

Odete Santos, até gosto de te ouvir,

de sentir o teu arreganho, a tua força, a tua vontade inquebrantável.
Mas ao ouvir-te, hoje, no Congresso do PCP, àparte o gostar sempre de ouvir a tua voz teatral e o teu texto não posso deixar de dizer :
-Acorda, deixa o sec. XIX.
O sonho romântico, no mundo terrível de hoje, passa por desajustado.
Não é isso que as pessoas querem ouvir. Mesmo em poesia querem lutar por situações diferentes,
com outras motivações, com outros fins.
Gosto de ti pelas motivações mas temo que sejam muito poucos os que te querem ouvir, para não falar da grande maioria dos que te escutam, se te escutam.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...