sexta-feira, 17 de junho de 2011

Neste início de novo ciclo


recordo alguns poemas de Armindo Rodrigues no livro "O Poeta Perguntador":

Quem cuida que sabe ignora.
Quem sabe que ignora sabe.
Onde a discussão não cabe
fica a verdade de fora.

oooo000oooo

Mais só é quem só se sente,
ou quem os outros enjeita ?
Só há presença perfeita
em estar em tudo presente.
A si próprio se desmente
quem só a si aproveita.

oooo000oooo

Nomear-te.
liberdade,
é logo ser mais livre.

oooo000oooo

Da poeira do tempo
faz-se o esquecimeto.
Da poeira dos homens
se faz a lembrança.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...