sábado, 20 de fevereiro de 2010

Era preciso acreditar

AOS MEUS CAMARADAS TIPÓGRAFOS


Tinhamos o mesmo ofício
Que ajudava a ver na noite
Ver é compreendre e agir
É ser ou desaparecer.

Era preciso acreditar preciso
Crer que está nos homens o poder
De ser livre e ser melhor
Que o destino que lhe foi imposto

                                        E nós esperávamos a grande primavera
                                        E nós esperávamos uma vida perfeita
                                        E que a claridade se decida
                                        A carregar todo o peso do mundo.

                                        Paul Éluard - Poemas políticos
                                        Col. Forma

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...