sábado, 13 de fevereiro de 2010

A propósito de denúncias e delações

(No café de estudantes quando se desafiava quem se escondia covardemente por detrás das lapelas dos casacos)


Já eram apontados a dedo
e ninguém se enganava
tinham os olhos como moscas
ouvidos como elefantes
narizes de perdigueiros.

No entanto tinham medo
queriam demonstrar o que não eram
e quedavam-se na caricatura
de velhas quadrilheiras
no trespassar das vizinhas.

Eles tinham medo
mas nós também
daí o desafio
de tomar café a olhá-los nos olhos
a cobri-los do ridículo
que se deve aos abutres que metem medo
mas fogem dos ratos porque roem    roem   roem...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...