segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

História da Moral


HISTÓRIA DA MORAL

Você tem-me cavalgado,
seu safado!
Você tem-me cavalgado,
mas nem por isso me pôs
a pensar como você.

Que uma coisa pensa o cavalo;
outra quem está a montá-lo.

                                        Alexandre O'neill

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...