sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Freeport

Tenho andado a não querer falar sobre este assunto.
Tenho-me limitado a ouvir e a ler o que por aí se tem falado e escrito.
Se bem que tenha a minha opinião, e que também considere que existem coincidências a mais, não posso de deixar de chamar a atenção para o facto de certos depoimentos não tenham tido, até agora, a relevância que têm tido as fugas de informação e muitas, muitas opiniões, que têm surgido para lançar mais poeira, diria mesmo lama, sobre o assunto.
Daí pergunto:
Não vi na imprensa os ecos da entrevista de Freitas do Amaral, no programa Dia D, da Sic-Notícias.
É de alguém sem credibilidade ?
Não vejo menção a depoimentos , como o de Daniel Proença, nas notícias da noite da RPT-N.
Nem do jornalista Manuel Pontes.
Hoje li o ponto de vista de Ferreira Fernandes no DN, como qual estou de acordo, e só aguardo que ele seja convidado por um canal de TV para expor os seus argumentos, já que, em sentido contrário, qualquer gato pelado é convidado.
Felizmente que a verticalidade da Drª. Cândida Almeida, ontem, veio pôr as questões no seu devido lugar.
Gostava tanto que, no meu país, a lama não fosse o ambiente em que os cidadãos gostassem de viver.
Já agora!
Tenho assistido a imensas solidariedades dentro do PS para com o secretário-geral. E aquele que nunca se cala, já falou ?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...