sexta-feira, 6 de março de 2009

«Há um grupo no Governo que é hostil à Igreja», diz João César das Neves

César das Neves diz haver «uma influência maçónica muito forte» .

Já cá faltava a "conspiração dos aventais".

Esquece-se este universitário engajado ao Vaticano que existem na Maçonaria, nas suas diferentes obediências, muitos cristãos e, superlativamente, muitos católicos que nunca puseram em causa as suas convicções religiosas por pertencerem a uma tal organização.

A grande diferença, e talvez isso preocupe o insigne universitário, é que entre muros da organização maçónica não se discute nem política nem religião, pelo que as obediências não podem ser controladas pelas religiões sejam elas quais forem.

Levantar um problema religioso relativamente ao governo só pode ser de mau gosto ou então, muito pouco cristãmente, dirigido a uma campanha contra o mesmo fundada no mais radical prozelitismo.

Dito isto, afirmo que não sou maçon mas estudo e informo-me, o que pelos vistos não sucede com certos professores universitários.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...