sábado, 13 de setembro de 2008

Fundação ResPública

Tem-se levantado ultimamente na comunicação social mais uma tentativa de agravar situações dentro do PS.
Vem ao caso a Fundação ResPública, recentemente lançada com o patrocínio do Secretário-Geral e de mais 79 fundadores, pessoas gratas ao Partido, mas onde não se encontra incluído o deputado Manuel Alegre.
Ora, sabendo que o próprio Manuel Alegre foi o fundador de uma tendência dentro do próprio Partido, onde só militam os camaradas que o seguem,( se estiver errado que me perdoem), e patrocina o CNOS-Corrente de Opinião Socialista que promove tertúlias de discussão política, o que é relevante, além de um jornal na internet, o OPS, o que também é relevante, não se vê que fosse coerente a sua intervenção na ResPública, dado que nela se encontram os outros que ele contesta politicamente.
Não sendo do PS, o que eu me congratulo é que exista um Partido que esteja suficientemente vivo para que crie no seu interior organizações que discutam e publiquem as suas conclusões.
E no fim, quando for necessário decidir sobre os rumos das políticas, que se vá a votos e quem ganhar tenha a legitimidade de prosseguir essas mesmas políticas, sem ser contestado interna e/ou publicamente por quem perdeu o sufrágio, (ou a Democracia seria uma batata).
Quanto ao resto, é aquilo que a gente sabe:
Os jornais precisam de vender e muitas vezes de envenenar.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...