quinta-feira, 30 de abril de 2009

Estado e condição

Notícia do Sol on-line:
"Fernanda Câncio apresenta queixa contra jornalista por ter sido referida como ‘a namorada de…"
Pois, acho muito bem.
Namorada não é um estado, quanto muito uma condição e, nisso, existe uma grande diferença.
Só a parolice, muito portuguesa também, aliás, e para alimentar os sonhos cor de rosa de muita gente, levam muitos a deliciarem-se com a senhora de, namorada de, noiva de,companheira de, e, vá lá, não aparece o amante de. Mas, já agora, porque não ? A ou O, não interessa, aqui, para o caso. Isto não é um caso de género, embora seja um factor de menorização.
Para quando as pessoas serem indicadas pelo que são profissionalmente, pela sua actividade, pelo seu mérito, pela sua força, pela sua integridade.
Faz muito bem a Fernanda Câncio, como o fará qualquer cidadão ciente do facto de ser mesmo cidadão.

2 comentários:

Helena Sacadura Cabral disse...

Tem toda a razão. As relações privadas são isso mesmo.Falo do que sei. Fui a mulher de, a ex mulher de. E quando, finalmente, me preparava para ser eu, eis que sou a mãe de. Haja paciência!

Anônimo disse...

E já tens mais do que idade para ter juízo, Lena.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...