sábado, 2 de janeiro de 2010

Um outro olhar sobre si mesmo



7

Eu não sou eu nem sou o outro,
Sou qualquer coisa de intermédio:
       Pilar da ponte de tédio
       Que vai de mim para o Outro.

Mário de Sá-Carneiro - Poesias - Indícios de Ouro
Ed. Ática

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...