sábado, 16 de janeiro de 2010

Tudo bem, Manel, então vamos começar a conversar


Para mim, e eu já não estava à espera de outra coisa, a tua declaração de disponibilidade para te candidatares à Presidência da República em 2011 foi um acto de afirmação de princípios e apenas isso.
E já não é pouco. Tiveste a oportunidade de marcar terreno e apresentar, já, algumas posições que te diferenciam do actual inquilino do Palácio  de Belém com que, também, estou de acordo.
Portanto, tens o caminho aberto para me convenceres, e eu quero votar em ti, de que cumprirei o meu dever de votar conscientemente, baseado nas permissas de um programa due irás apresentar, que seja equilibrado e não paternalista, de modo a poderes agregar à sua volta o maior número de votantes de esquerda e centro- esquerda ...e porque não do centro?
Mas para isso, igualmente, e isto é um conselho, deixa-te de frases épicas e bombásticas , muitas delas só palavras adornadas de conceitos vagos para a maioria da população. Queres vencer, fala para toda a gente, para que toda a gente te entenda. Explica-te bem porque, também sabes, vais ser atacado por posições recentes que tomaste e que muitíssima gente, eu incluído, não entendeu.
Portanto, para já, estou por ti mas tens de me convencer que a minha posição vai ser a correcta no momento de colocar o voto na urna. E não te esqueças que eu sou difícil de convencer; eu e os outros todos que pensam como eu e, claro, não te fará mal um exercício de humildade de te olhares como um cidadão comum e não um guardador de virtudes proibidas a muitos outros.
Fico à espera que me mandes uma fotografia em que te apresentes transparente.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...