segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

A candidatura presidencial de Manuel Alegre (2)


Alegre recusa ser candidato do Bloco

[Cristina Figueiredo /Expresso, 23.01.2010]
Manuel Alegre garante que o apoio do BE à sua eventual recandidatura a Belém não significa que ele esteja ‘encostado’ à esquerda: “As pontes que possa ter estabelecido com outros sectores de esquerda não legitimam ninguém a dizer que sou um candidato do Bloco”. “A candidatura será nacional, com grande marca de independência e historicamente enraizada no PS”, afirmou Manuel Alegre ao Expresso.

Primeira tomada de posição do pré-candidato sobre um tema que estava já a deixar que se apregoassem, por culpa exclusiva do BE e do seu coordenador, e por tardio esclarecimento de Alegre,  muitas opções, mormente dentro do PS mas também da esquerda independente, que começavam a minar a confiança que a candidatura devia merecer.
Foi, assim, um primeiro passo, mas tem de haver outros que clarifiquem posições, fundamentalmente, nas áreas de intervenção política de um PR e que lhe estão consignadas pela Constituição.
É que é necessário que se dissipem as dúvidas, com especial incidência, do eleitorado mais moderado.
Aguardemos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...