sábado, 27 de novembro de 2010

Marinho Pinto reeleito

Afinal, neste país, ser não alinhado nem políticamente correcto e atirar pedradas no charco tem os seus méritos.
Numa classe tida por "conservadora" e "encolarinhada" prevaleceu a ideia defendida pelo actual bastonário de que a transparência é fundamental tanto na corporação como na Justiça em si mesma.
Quem menos deve ter gostado terão sido as Magistraturas, tanto dos Juizes como do Ministério Público, tantas vezes sovados pela voz corajosa de Marinho e Pinto.
Uma boa notícia para os cidadãos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...