quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Ainda, Victor Alves

A não deixar de ler.
Num momento em que a CS se fixa no mais abjecto dos assuntos, espremendo até à última a morte de Carlos Castro, apenas e exclusivamente por motivos sensacionalistas, desprezando os personagens por maior respeito que mereçam, vem, por ser demais importante,  esta "opinião de Baptista Bastos" realçando uma figura que os portugueses esqueceram e que é, foi e sempre será demasiadamente importante para a história do nosso país,  a do Coronel Victor Alves.
Por uma questão de respeito, felizmente que a actual CS portuguesa quase se esqueceu dele e da sua morte, preferindo o escândalo e as  sequelas do assassinato de Carlos Castro, que por muito respeito que me mereça, e merece, não teve, não tem, nem nem nunca terá, embora isto não seja mensurável, o tamanho e o vulto de Victor Alves  nem a dívida de gratidão a que Portugal é obrigado para com um dos seus ilustres filhos.
Este texto de Baptista Bastos é um retrato necessário de um homem que não podemos em devemos esquecer.
Aceda a:
http://dn.sapo.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=1754745&seccao=Baptista Bastos&tag=Opini%E3o - Em Foco

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...