quinta-feira, 22 de outubro de 2009

A condescendência de um teólogo


Ontem na Sic Notícias dizia um teólogo - Frei Fernando Ventura - :
"Saramago não gosta de Deus mas Deus gosta de Saramago."
Os sacerdotes adoram este paternalismo condescendente perante os "prevaricadores".
Saramago não gosta nem desgosta de Deus porque é ateu. Para ele Deus não existe. Não se pode não gostar do que não se considera existir.
E no fim um sorriso de condescendência.
Os senhores da "verdade" não abdicam da sua situação privilegiada de donos da mesma. Mesmo que seja mentira...
Não é possível qualquer diálogo com gente assim, formatada mentalmente desta maneira.
O livre pensamento só existe desde que esteja de acordo o seu.

Um comentário:

Ana Paula Fitas disse...

Vou atribuir um Selo VIP ao "Vermelho..."... daqui a pouco, no A Nossa Candeia.
Um abraço,
Ana Paula

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...