Pular para o conteúdo principal

Rui Rangel acusa Noronha de Nascimento e António Martins de descredibilizarem juízes


O presidente da Associação de Juízes pela Cidadania (AJPC) lamentou, esta terça-feira, as declarações de Noronha de Nascimento e António Martins, considerando que descredibilizam a imagem dos juízes em Portugal.
(Notícia TSF on-line, de hoje)

Mais, ainda ?

Note-se bem nisto:

Portugal condenado por violação da liberdade de expressão em desfile de Carnaval

O caso remonta ao Carnaval de 2004 quando Ricardo Alves da Silva desfilou no Carnaval com um “cabeçudo” que representava o presidente da Câmara de Mortágua, acusando-o de corrupção.

O “cabeçudo” ostentava um anagrama do nome do autarca e levava um saco azul, símbolo de corrupção, enquanto o veículo que o transportava difundia uma mensagem satírica.

O presidente da Câmara depôs uma queixa contra Ricardo Alves da Silva por difamação, que acabou por ser condenado a uma multa de 4.445 euros. Alves da Silva recorreu para o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem que lhe deu razão e condenou Portugal a reembolsar os de 4.445 euros, além de uma indemnização de 4.000 euros por danos morais.

O Tribunal considerou que a condenação foi “desproporcionada” dado que a intenção de Alves da Silva era “evidentemente satirizar” uma situação no âmbito do Carnaval.
(Notícia da SIC on-line, de hoje)

Por outras palavras:
Nem cabeçudos ... ?!

Comentários

A. Moura Pinto disse…
E eis o puro Rangel numa posição equidistante.A dos fracos ou meros oportunistas. Não deve ter lido o que escreveu Noronha do Nascimento. Ou não entendeu por faltarem os desenhos...
Se ainda se falasse do Benfica talvez...
A. Moura Pinto disse…
Calma lá... o Glorioso nem tem culpa destas cenas do Rangel nem dele necessita. Está na lista das transferências a custo zero, mas ninguém lhe pega...
Foi uma provocação de "lagarto"...
A. Moura Pinto disse…
Pega então no Rangel. Com as suas equidistâncias, pode ser bom para o meio campo, recuperando na defesa, envolvendo-se no ataque. Mas coloca um defesa ao lado, para evitar auto-golos...
Só um ...?
Mas não, coxos já lá temos...
Obrigadinho, mas podem ficar lá com ele nem que seja como suplemente à garrafa de água.

Postagens mais visitadas deste blog

Sonhar a terra livre e insubmissa

E volto aqui sempre que posso, enche-me o peito...
E cada vez mais do que nunca...

Retrato de Manuel Alegre

Alegre   Manuel   alegre até à morte
que lindo nome para um homem triste
que lindo nome para um homem forte.

Alegre   Manuel   despedaçado
pela espada da língua portuguesa:
a palavra saudade   a palavra tristeza
a palavra futuro   a palavra soldado
Alegre   Manuel   aberto cravo
aos ventos da certeza.

Alegre   Manuel   aqui mais ninguém fala
tão alto como tu   ninguém se cala
com essa dor serena e construída
não apenas de versos   mas de vida.

Alegre   Manuel   as línguas do teu canto
ateiam-nos fogo.
Neste lugar de lama e desencanto
tornas vermelho o povo.

José Carlos Ary dos Santos
fotos-grafias
Quadrante - 1970

Face a um desafio

"Si le hubiera cortado las alas habría sido mío, no habría escapado. Pero así, habría dejado de ser pájaro y yo, yo lo que amaba, era el pájaro."
Joxean Artze.



Pedi-te sempre que não olhasses para trás. Tu sabias que te queria demais, na totalidade, por dentro e por fora, só para mim e sem deixar nem um pouco para ti. Tu existias para que eu existisse queria-te sempre a voar ao meu redor, era eu o teu único destino...
Foi apenas isto que te obriguei a interiorizar por isso , num equívoco, deixei-te esvoaçar e tu não voltaste, seguiste e cumpriste, nem olhaste para trás...
Aí, entendi como era falso... Descobri, já só, que afinal eras tu o meu destino, que te amava por ti e apenas por ti. Descobri que as minhas mãos apenas têm dedos e não tenazese os meus braços apenas abraçam não agrilhoam;
o muito querer nem só tudo aceita, nem só tudo exige, o amar é dar e aprender.
Agora... só, olhando cada dia que nasce, repondo lá longe a linha do horizonte, sejas tu o Sol ou apenas o meu Sol, espero ansiosa…