Pular para o conteúdo principal

Cavaco não comenta casamentos homossexuais e diz que a sua atenção está noutros problemas (Título da notícia do Sol on-line)

O Senhor Dr. Cavaco Silva demonstrou, mais uma vez. a sua incapacidade para o lugar do Presidente da República.
O actual PR ainda não entendeu que a sua actividade tem de ser global e relacionada com todos os aspectos da vida dos cidadãos. Sejam a economia, as finanças, a diplomacia ou os direitos humanos. Tem de ter sobre todos uma atitude proactiva, sem beneficiar qualquer uma em especial.
As suas declarações sobre as preocupações acerca dos assuntos económicos e a desvalorização dos restantes, até porque fracturantes, são disso um bom exemplo. Só falta, também, pedir a suspensão da democracia por 6 meses para resolver os asssuntos da política económica futura, como se nada mais existisse na vida do país e se o futuro apenas a isso se restringisse.
Além do mais, a forma como apresenta as situações, parece mais ser titular daquilo que não é,  um 1º. Ministro que dirige efectivamente a política nacional, do que um PR no cumprimento dos seus poderes constitucionais e que jurou cumprir, garante dos direitos e das liberdades e do bom funcionamento das instituições, mas sem  poder executivo.
Se quer ser 1º. Ministro demita-se e concorra ao cargo. Até lá, comporte-se como um PR que devia ser e não é.

Comentários

cão sem raiva disse…
Que raio de presidente é este?
Arranja sempre maneira de fugir a certas perguntas.
É claro que a situação económica do país e o desemprego preocupam toda a gente. Boa maneira de fugir com o rabo à seringa... Ou deve comer muito queijo, para se esquecer que é o presidente de todos os portugueses e que há problemas para resolver em todos os campos.
É um provinciano - no pior sentido do termo.
Olá,T. Mike,
Sinceramente, esperava outra coisa?! Este senhor ainda espalha a lição de Salazar: "Deus, Pátria, Família"...
Um abraço.
Anônimo disse…
Olá T. Mike, :)
Não viu um programa do contra informação, em que dois inspectores da judiciária vão a casa do Dias Loureiro? Engraçado e bastante esclarecedor... Chegam a casa deste e encontram uma porta secreta, para uma divisão onde estão escondidos todos os documentos do Banco, a seguir encontram outra porta secreta, nesse mesmo escritório, que vai dar directamente ao quarto de banho da Manuela Ferreira Leite. Toda indignada ficou a senhora. Um dos inspectores prime um azulejo e abre-se outra porta, que vai dar ao quarto de banho de Cavaco. Terminou assim o labirinto, com Cavaco a distribuir uma boas bofetadas ao Dias Loureiro e a escorraçar os inspectores!
Tá tudo dito... quem anda preocupado com Bancos, não está para mais ninguém!
Cão sem raiva,
só não é desilusão para quem, sobre ele, não tinha quaisquer ilusões.
Não passa de um "burocrata empedrenido" para quem a solidariedade e os direitos humanos se resumem à balança do deve e do haver.
O seu trabalho na presidência, e se acaso se vier a recandidatar,o que ainda não é adquirido, vai obrigar muita gente a comer alguns sapos, só para obstruir a sua reeleição.
E digo que não é ainda adquirido pelo facto de acreditar que, se Cavaco pressentir um movimento que o leve à derrota, certamente não se recandidatará. Não tem coragem para tanto.
Jeune Dame,
Não se pode nada esperar de quem nada se espera.
Não é novidade nem espanto, é tristesa.
Mas é bem feito. Cada povo tem os dirigentes que merece, uma vez que os elege.
E será que aprendem ?
Olhe, que duvido !
É uma questão de falta de cultura, fundamentalmente, política; mas isso são contas de um rosário antigo, com mais de 50 anos.
Um abraço.
Fada do Bosque,
o "veneno" do Contra Informação é sempre uma maravilha.
Já viu alguma vez um iceberg ter emoções ?
A confirmação está sentada em Belém.
Um abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

Sonhar a terra livre e insubmissa

E volto aqui sempre que posso, enche-me o peito...
E cada vez mais do que nunca...

Retrato de Manuel Alegre

Alegre   Manuel   alegre até à morte
que lindo nome para um homem triste
que lindo nome para um homem forte.

Alegre   Manuel   despedaçado
pela espada da língua portuguesa:
a palavra saudade   a palavra tristeza
a palavra futuro   a palavra soldado
Alegre   Manuel   aberto cravo
aos ventos da certeza.

Alegre   Manuel   aqui mais ninguém fala
tão alto como tu   ninguém se cala
com essa dor serena e construída
não apenas de versos   mas de vida.

Alegre   Manuel   as línguas do teu canto
ateiam-nos fogo.
Neste lugar de lama e desencanto
tornas vermelho o povo.

José Carlos Ary dos Santos
fotos-grafias
Quadrante - 1970

Face a um desafio

"Si le hubiera cortado las alas habría sido mío, no habría escapado. Pero así, habría dejado de ser pájaro y yo, yo lo que amaba, era el pájaro."
Joxean Artze.



Pedi-te sempre que não olhasses para trás. Tu sabias que te queria demais, na totalidade, por dentro e por fora, só para mim e sem deixar nem um pouco para ti. Tu existias para que eu existisse queria-te sempre a voar ao meu redor, era eu o teu único destino...
Foi apenas isto que te obriguei a interiorizar por isso , num equívoco, deixei-te esvoaçar e tu não voltaste, seguiste e cumpriste, nem olhaste para trás...
Aí, entendi como era falso... Descobri, já só, que afinal eras tu o meu destino, que te amava por ti e apenas por ti. Descobri que as minhas mãos apenas têm dedos e não tenazese os meus braços apenas abraçam não agrilhoam;
o muito querer nem só tudo aceita, nem só tudo exige, o amar é dar e aprender.
Agora... só, olhando cada dia que nasce, repondo lá longe a linha do horizonte, sejas tu o Sol ou apenas o meu Sol, espero ansiosa…